31 de mar de 2011

“Se acaso você chegasse”

Se acaso
Você
Chegasse
Derrepente
Sem avisar
Roubaria
De mim
A minha
Vida
Meu sorriso
E me faria
Renascer
Se acaso
Você
Chegasse
Assim
Toda prosa
Ficaríamos
Por horas
Na mesa
De um bar
Jogando
Conversa fora
Rindo das nossas
Vidas
Esquecendo assim
Nossas derrotas
Se acaso
Você chegasse