"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

31 de mar de 2011

“Pobre Deus”

Pobre Deus
Já não sabe
Mais o que fazer
Perdido
Entre nós
Atônito
Com tanta
Maldade
Perplexo
Com os erros
De tua criação
Pobre Deus
Que ainda
Acreditava
No amor
Como salvação
Chora
Hoje
De tristeza
De decepção
Ver seus filhos
Se matando
Pobre Deus
Solitário
E sem mais
Poder
Rezando
Pelo que será
De todos nós