"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

30 de mar de 2011

“Não tô entendendo nada”

Não diz
Que sim
Nem que
Não
Faz-me de bobo
Na sua mão
Fica
Nas entrelinhas
Nas meias
Palavras
Para que eu
Interprete
Errado
E depois
Perca-me
No pecado
Não me chama
Nem me manda
Embora
Me quer
Por perto
Rondando
Lobo
Uivando
Esperando
Ou é isso
Ou não

Entendendo nada