10 de mar de 2011

não preciso
mais
ir atrás
de nada
não preciso
mais
andar
desesperado
entendi
o tempo
de tudo
o tempo
de Deus
não preciso
mais
ficar desesperado
ansioso
preocupado
deixo
os ventos
soprarem
minhas velas
não nado mais
contra
a corrente
não ando mais
na contramão
não preciso mais
de desculpas
para viver
a vida
como eu a vejo
não preciso
mais de desculpas
não preciso
mais
disfarçar
verdades