"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

23 de mar de 2011

“Canos silenciosos”

Os canos
Estão ali
Inertes
Silenciosos
Como
Sempre
Há tempos
A água
Cai
E que atormenta
O silêncio
Dos canos
Silenciosos
É a água
Que atormenta
Como mulher
Insana
A pobre insanidade
Desses canos
Há tempos
No
Mesmo lugar
É a água
A meretriz
Desses
Sonhos
Os canos
Ficarão ali silenciosos
E a água simplesmente passará por eles