23 de mar de 2011

“Bem mal”

Depois
Do amor
Que não convém
Fiquei
Bem mal
Ferido
No meu quarto
Sozinho
Depois
Do amanhã
Que nunca
Chegou
Fiquei
Bem mal
Lembrando
Dos sonhos
Que não vivi
Querendo
De volta
Tudo
O que não voltará
Mais
Depois
Da saudade
Fiquei
Bem mal
Resolvido
Amargado
Calado, fudido