17 de mar de 2011

Amanhã
Vou
Acordar
Cedo
Vestir-me
De branco
Vou saudar
A Deus
Ficar
Em silêncio
Por alguns
Instantes
Em oração
Vou pegar
Meus cadernos
Cheios
De páginas
Em branco
E sair
Por ai
Escrevendo
Versos
Á toa
Como deve
Fazer
O poeta
Como deveriam
Fazer
Todos os poetas
Que ainda
Sobrevivem como eu