10 de mar de 2011

agora
que esses
ventos
pararam
de soprar
agora
que essas
tempestades
passaram
por mim
posso
olhar
o sol
posso
contemplar
minhas manhãs
meus versos
agora
que respiro
enfim
a paz
de dias
de sol
agora
que não há mais
sombras
nem vestígios
dos dias
que passaram
posso
escrever
sem medo
posso
viver
o amor
que sempre
sonhei amar