16 de fev de 2011

quantas
flores
neste jardim
quanta
beleza
espalhada
mas tua
beleza
que me perdoem
todas as outras
enche
de graça
de alegria
e de luz
a própria luz
és
a flor
que encanta
porque tua beleza
não precisa
de artifícios
és bela
porque a beleza
reina
em ti
quantas flores
neste jardim
e só
tua beleza
convence
não há quem resista
não há quem
não se renda
quem não se curve
diante
de tua beleza
flores
de todas as flores