14 de fev de 2011

passam
por mim
essas mulheres
com suas bolsas
gigantes
coloridas
com seus sapatos
de salto alto
apertados
passam
por mim
com seus olhares
de perdidos
olhares
de dor
passam
a desfilar
nessa passarela
de concreto
seco
passam
por mim
essas pobres
desconhecidas
jogando
no ar
seu veneno
querendo
de mim
quem sabe
poemas
um verso apenas
um bom dia
passam por mim
e lhes dou
meu silêncio