16 de fev de 2011

mesmo
que negues
eu sei
que vai negar
há tristeza
em teu olhar
mágoa
que não se vê
uma ferida
aberta
que ainda
sangra esta dor
mesmo
que negues
teu riso
aberto
disfarça
teus olhos
vivos
cheios
de vida
escondem
o que não confessa
a ninguém
há na tua
alma
uma tristeza
disfarçada
tristeza
contida
uma ferida aberta
que não sara
não cicatriza