16 de fev de 2011

hoje
quero
escrever
você
escrever
como
te vejo
escrever
como te sinto
escrever
como te percebo
não vou ousar
falar de amor
não seria tolo
nem vou
aqui
inventar
qualquer paixão
vou escrever
você
para que amanhã
possa
ler e me
lembrar
de como é linda
vou escrever
você
para fazer
de você
eterna
nessa minha realidade
tão fechada
e tão distante
hoje
vou escrever
você
para que nada
de você
se perca pelo caminho
mulher linda
rosa ferida