16 de fev de 2011

afasta
de mim
senhor
todos esses
cálices
tira
do meu caminho
todas as flores
mais belas
cega
meus olhos
para que não as veja
deixa somente
senhor
meu sentir
a fragrância
me basta
afasta
de mim
todos os cálices
todos os vasos
jarros
arranca do meu caminho
todas as flores
mais belas
não sei lidar
com toda beleza
que me cerca