28 de jan de 2011

quero sair
desse estado
letargico
que me encontro
quero
sair de mim
sair desse marasmo
quero um pouco
de sol
de ar fresco
quero pegar
meu carro
e me arrebentar
em um muro
qualquer
quem sabe
assim
acorde
quem sabe assim
possa
sair desses
ecos
quem sabe
assim
pare de escutar
essas vozes
que em atormentam
quero
sair
renascer
voltar a respirar
a viver