21 de nov de 2010

Não brinque
Com meus sonhos
Não brinque
Com meus desejos
Com minha fúria
E minha ânsia
De querer
Pode
Me perder
E nunca
Mais me achar
Pode me machucar
E nunca mais
Me curar
Não brinque
Com minhas ilusões
Posso
Não suportar
E morrer