19 de out de 2010

desejo
é assim
nasce
sem mais nem menos
e morre
assim
sem mais nem menos
desejo
é coisa passageira
enche a boca
de saliva
depois a saliva
seca
azeda
desejo
é assim
fogo sem calor
luz que não ilumina
é o fim
é a morte