"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

31 de ago de 2010

SAUDADES DO QUE UM DIA FUI*

Um dia
Fui
Menina
Andava
Sem medo
De sorrir
Jurava paixão
Para quem
Sorria para mim
E de longe
Acenava-me
Um dia
Fui
Menina
Desprovida
De encanto
De alma pura
Inocente
Não me importava
A beleza
Sempre via além
Tenho saudades
Do que um dia fui
Menina
Sem ódio
Sem malícia
Cheia de amor
Cheia de vida
Quanta saudade de mim