29 de jul de 2010

PODE CHORAR

pare de sofrer
calado
pare de sofrer
em nada dizer
pode chorar
sem medo
e sem vergonha
coloca
para fora os seus medos
e angustias
pare de procurar
de desculpa
seja apenas você
em tudo
o que lhe diz respeito
pare
de se lamentar
o tempo todo
pode chorar
para que sua alma
se purifique
para que as lágrimas
reguem
as flores secas
do seu passado
pare
de ir e voltar
e andar sem destino
pare
de viver
a esmo
pode chorar
quando sentir medo
não é vergonha
pare
de ficar parado
ande
corra atrás
do seu tempo perdido