29 de jul de 2010

CONSCIÊNCIA

não escuto
minha consciência
não escuto mais
as vozes
que falam
comigo
o tempo todo
tenho
que aprender
a viver
tenho
que aprender
a descobrir
qual
é de verdade
minhas verdades
não escuto
minha consciência
deixo
ela calada
dentro
de mim
preciso entender
minhas razões
e minhas brigas
não quero vozes
nem sussurros
em meus ouvidos
quero descobrir
sozinho meus segredos
meus caminhos

AONDE VOCÊ FOR

aonde
você
for
irei
contigo
aonde
você
levará
parte
de mim
mesmo
que não queira
estarei
no sangue
estarei
no ar
no seu ar
no seu silêncio
na sua sombra
aonde
você for
irei
contigo
de uma forma
ou outra
ou todas
as formas
possíveis
irei
na pele
na poesia
tatuada
irei voando
para que chegue
antes de você
e lhe encontre
sempre
e do mesmo jeito

ESSA MULHER

essa mulher
me fascina
me encanta
faz de mim
o que quiser
me domina
me enfeitiça
sem fazer nada
diferente
essa mulher
é apenas
mulher
sabe o que eu gosto
sabe como fazer
e faz bem feito
e faz pra valer
não preciso
dizer nada
preciso
apenas
me entregar
essa mullher
me conhece bem
me conhece
sim
melhor do que ninguém
ela me vira do avesso
me usa
me abusa
essa mulher
me encanta
porque é minha
minha dona
minha amiga
amante
sensual
provocante

TATO

gosto
de olhares
e de tato
gosto
de tocar
de olhar
e de sentir
gosto
da respiração
ofegante
do de sentir
de fazer
a pele arrepiar
gosto
de estar
o boca me seduz
o beijo
me fascina
a língua úmida
o corpo
quente
gosto
de ver
olhar
gosto mesmo
é de tocar
tocar a pele
puxar de leve
os cabelos
gosto
da boca
na boca
gosto
da boca perdida
tato
pele
desejo

SOCORRO

vivi
pedindo
socorro
implorando
a alguém
caridade
vivi
pedindo
migalhas
resto
de sentimentos
não grito
mais meu desespero
não faço
mais coisas
erradas
já errei
demais
já cansei
de dar topadas
cansei
de me machucar
em pedras
que não eram
do meu caminho
vivi
pedindo
abraços
e sorrisos
vivi
pedindo
um olhar
socorro
não peço mais
não fico mais
rastejando
no olho mais
para o chão
enfim aprendi
a contar comigo
com mais ninguém

NÃO ME AME

por favor
eu lhe
peço
não me ame
não goste de mim
nada do que
é meu me pertence
meu coração
já não é
nem pele
nem olhos
nem sentimentos
por favor
eu imploro
não goste
de mim
não me ame
me queria bem
já me basta
não preciso
de conflitos
e guerras
não preciso
de cobranças
e dedos
apontando
para onde devo
seguir
não me ame
não poderei
lhe devolver amor
gostarei
apenas
um pouco de ti
tudo o que é meu
não me pertence mais

NECESSIDADE

sei
das tuas
necessidades
e sei das
minhas também
sei
das palavras
que dissestes
e sei
das palavras
que falei
também
sei o que queres
e sei o
que quero também
sei das
tua necessidade
de atenção
quando
as portas
estão fechadas
sei
o queres
e sei também
o que preciso
nossas vidas
não se encontram
sua necessidade
de amor
é uma
minha necessidade
de afeto
é outra

PODE CHORAR

pare de sofrer
calado
pare de sofrer
em nada dizer
pode chorar
sem medo
e sem vergonha
coloca
para fora os seus medos
e angustias
pare de procurar
de desculpa
seja apenas você
em tudo
o que lhe diz respeito
pare
de se lamentar
o tempo todo
pode chorar
para que sua alma
se purifique
para que as lágrimas
reguem
as flores secas
do seu passado
pare
de ir e voltar
e andar sem destino
pare
de viver
a esmo
pode chorar
quando sentir medo
não é vergonha
pare
de ficar parado
ande
corra atrás
do seu tempo perdido

MULHER IDEAL

mulher
ideal
tem que a pele
queimada
de sol
tem que na
pele
o gosto
da terra
tem que ter
dentes
brancos
e sorriso franco
tem que olhar
decidido
sem perder
a delicadeza
mulher
ideal
tem que ter os passos
leves
os gestos suaves
tem que ser
naturalmente
delicada
bem torneada
tem que ser cheirosa
tem que ter
hálito de rosas
tem que no amor
fazer levitar
mulher ideal
tem que andar
do meu lado
tem que ser minha
sem que seja
obrigatoriamente minha

ME VIRA CABEÇA

você vem
e me vira
a cabeça
me deixa
de pernas
para o ar
me deixa
de pernas bambas
você ven
e rouba
de mim
o meu sossego
a minha sombra
a minha paz
bagunça
tudo
me deixa sem ar
sem folego
sem ter como te seguir
com me guiar
você vem
sorrindo
cheia de veneno
derrama
sobre mim
seu dengo
me faz derreter
depois
me devora
me vira a cabeça
me rouba o chão
e eu
não sei nada
de você

28 de jul de 2010

FELIZ

quer saber
se estou feliz
olhe bem para
mim
veja o que tenho feito
sinta
como eu estou
quer saber
o que me faz feliz
despertar
todos os dias
e ver que ainda
existe
em mim alegria
e vontade
de viver
quer saber
minhas razões
entenda
que não há razões
que o mundo desconheça
sou feliz
por essa
é a minha natureza
não preciso
me vestir
de sorrisos
não preciso
cantar canções
preciso apenas
sentir
me sentir feliz
isso me basta
ser feliz
me basta

CALMO

ando calmo
demais
meus quarenta
me deixaram assim
entendi
que não há mais
pressa
entendi
que tudo
agora passa
mais depressa
eu não quero
correr
ando calmo
já não brigo
já não falo
mais os palavrões
que antes dizia
já não não profano
mais
minha razão
deixei
de lado
sentimentos
deixei de lado
coração
nada mais
nem ninguém é capaz
de roubar
minha calma
minha paz
ando calmo
sereno
meus quarenta
me deixaram assim

PALAVRAS

há tempos
não me iludo
mais com palavras
há tempo
conheço
bem o que as palavras
querem dizer
na verdade
no fundo
profundo
no íntimo de tudo
há tempo
estudo
as palavras
e o silêncio
e todos os medos
por trás
da palavras
há tempo
prefiro me calar
do que dizer
há tempo
prefiro ouvir
palavras
tantas palavras
há tempos
escuto
absurdos
muitos deveriam
ser mudos
palavras
há tempos
não me iludem
fazem perecer
a paz
há tempos
escuto mais

FALANDO

andam falando
o que não há
para falar
mas falar
é preciso
é preciso causar
"língua não tem osso"
andando
falando
acusando
desdenhando
falam
por tem que falar
porque
a língua
não cabe
dentro da boca
porque falar
é preciso
ninguém
mais
cuida da sua vida
falar
é preciso
vomitar
escarros
dessas bocas malditas
falam
tudo
sem saber
de nada
andam falando
o que não há
inverdades
mentiras
cuspidas

NOITE FRIA

noite fria
eu aqui
andando
pela casa
pés no chão
luzes apagadas
cigarro
queimando
no cinzero
café
esfriando
no copo
noite fria
o corpo
quase nu
os pensamentos
infernizando
a alma
a alma inquieta
noite fria
nenhuma música
nenhuma saudade
ansiedade
para que tudo termine
noite fria
pele arrepiada
desejos
escondidos
nas gavetas
do armários
tambem fechados
pés descalços
corpo quase nu
café
cigarro
pensamentos alucinados
a alma em brasa

AO CAIR DA TARDE

ao cair
da tarde
o sol
fica morno
as flores
mais preguiçosas
e nem
os pássaros
cantam mais
ao cair
da tarde
a vida
se espriguiça
nos jardins
ainda
não floridos
ao cair
da tarde
os pensamentos
estão mais amenos
não tanta
pressa como havia
não mais
tanta guerra
ao cair
da tarde
só se pensa
em terminar
e ir embora
para qualquer lugar
mesmo
que esse qualquer
lugar anda
não exista
ao cair
da tarde
tudo já não tem
a mesma cor

SUA TRISTEZA

sua tristeza
me faz triste
também
não sei
o que faço
para te ver
de novo sorrir
o mesmo
sorriso
que sempre
me encantou
que sempre
me motivou
a continuar
sua tristeza
coloca sobre
nós
as nuvens negras
que espantam
nosso sol
nossa alegria
me sinto
impotente
triste também
sem nada que me
faça sorrir
quero
de volta o
seu sorriso
a sua mesma
alegria
sua tristeza
definha minha alma
preciso
ter você
de volta
sorrindo
viva

NO DIA SEGUINTE

no dia seguinte
já não
me lembro
mais
quantos
anos
eu tenho
a idade
acabou
com minha memória
acabou
com os sonhos
que não pude
realizar
no dia seguinte
deixo
de ser mais
novo e me aproximo
mais da morte
cada vez
mais
da morte
no dia seguinte
nada de ontem
me importa mais
nenhuma lembrança
nada que queria lembrar
no dia seguinte
já não sei
mais quem sou
sei quem um dia
eu quis ser

MINHA ESPERANÇA

minha esperança
nasce
com o dia
quando
meus olhos
ainda
estão abertos
mergulhados
nas noites
sem sono
minha esperança
está
no sorriso
que há de nascer
quando
entre muitos
me sentirei
como sempre

minha esperança
está
no abraço
dos braços fechados
e nos passos
que não caminham
mais em minha direção
minha esperança
ainda
sobrevive
a tudo
nesse caos
nesse deserto de
tantas
velhas emoções
renovadas e esquecidas

O QUE DIZER

o que dizer
se não há
mais esperança
nos dias
que virão
já perdi
tudo o que eu tinha
e já
não tenho mais
o amor
que eu queria
o que dizer
se não há
mais meus instantes
de paz
já me perdi
tantas vezes
pelos mesmos
caminhos de
sempre
o que dizer
se te busco
e já não não
mais te acho
nem em mim
nem em nada
do que restou
de mim
o que dizer
se palavras
já não dizem nada

27 de jul de 2010

ENGANANDO AS HORAS

vou
enganando
as horas
vou
me distraindo
para não pensar
vou
me enganando
em todos
os silêncios
que posso sentir
vou engando
as horas
para que as horas
não matem
o pouco
que resta
e a vida
não passe
assim
tão depressa
vou
enganando
a vida
para que a vida
esqueça
um pouco
de mim
para que a vida
não me
lembre
e as horas
não batam mais
a minha porta
e me deixem
dormir
por tantas horas

SOFRIDO DEMAIS

eu
sou sofrido
demais
já dormi
na rua
já perambulei
de madrugada

vi
a morte
passar por mim

milagres
e a força
da fé
eu sou sofrid
demais
mas não me deixo
abater
pelas circunstâncias
de uma vida
muitas
vidas
ainda virão
não posso mais
querer
sofrer
apenas nessa vida
eu
sou
sofrido demais
já andei
com prego
nos sapatos
já andei
por aí
passando fome
e não chorei
caminhei
eu sabia
que uma dia
outra vida viria

PRA QUE MENTIR

pra que mentir
uma hora
dessa
a máscara cai
um dia
a verdade
aparece
e você
como vai ficar
e você
depois
o que dirá
pra que mentir
falar
que tudo
é verdade
sabemos
nós
que não é
sabemos
nós
que não podemos
viver
nessas ilusões
criadas
pelas suas mentiras
ainda
vivas
inconsequentes
pra que mentir
um dia
acordaremos
e não haverá nada
de nós
nos dias
que ficaram

SÓ UMA ILUSÃO

você
é só
uma ilusão
de tantas
de muitas
você
é só
um de tantos
pecados
que fujo
que não quero
cometer
já confessei
já rezei
pedi
para todos os santos
que não queria
mais
nada mais
que me fizesse
perder
o juizo
você
é só
uma ilusão
que desejei
ser verdade
e não era
e não foi
você
não existe mais
em mim
foi
só uma ilusão
um ato
meu de insanidade

LEVOU MEU OLHAR

eu não vejo
mais nada
não vejo
mais ninguém
levou
meu olhar
levou
minha vida
meus instantes
amigos
eu não sei
mais
quem eu sou
levou
minha memória
minha saudade
levou
meus livros
e todos
os meus escritos
eu não vejo
nada
não vejo ninguém
levou
me olhar
me fez escravo
dependente
de você
para que eu
não tivesse vida
para que eu me sentisse
morto
sem sua presença
eu não vejo nada
levou me olhar
me deixou
sua vida

POUCOS SEGUNDOS

poucos
segundos
me bastam
para que
com você
eu conheça
a eternidade
poucos
segundos
me bastam
para que eu
descubra
a verdade
dos seus olhos
poucos
segundos
me bastam
para que
perceba
em que ritmo
bate seu coração
poucos
segundos
é o que quero
com você
para saber
se é
o meu sonho vivo
ou apenas
miragem
meu delírio
poucos segundos
e saberei
se estará em mim
para sempre

ME FEZ SONHAR

me fez sonhar
com um
mundo
de possibilidades
era tudo
mentira
e eu nem sei
por que
porque
mentiu
tanto assim
me fez sonhar
com uma vida
que não era minha
me encheu
de desejos
era tudo
mentira
suas balas
continham féu
eram recheadas
de pesadelos
e eu não
sei
porque mentiu assim
porque mentiu
para mim
logo eu que lhe dei
a noite
logo eu que busquei
estrelas
logo eu
que dei
meu coração
inteiro sem medo
pra você
me fez sonhar
e depois
me fez acordar

ME ENVOLVEU

veio
e me envolveu
veio
serena
calma
donzela
de vestes
discretas
de lábios
doces
com lábios
de mel
veio
e me envolveu
me fez acreditar
que sentia
algo
que não sentia
veio
com os olhos
brilhantes
com o corpo
rasgado
de desejo
se entregou
para a própria
mentira
e me envolveu
nas suas teias
sem me deixar
fugir
veio
e me seduziu
e eu deixe
que me seduzisse
e nada mais
depois

SÓ SEI TE AMAR

só sei
te amar

sei
te querer
não ia querer
aprender
de novo
amar
mais ninguém
não quero
quero
somente
viver
esse amor
até
que esse amor
me consuma
por inteiro
só sei
te amar
e o fazer amor
que me completa
por inteiro
só sei
te amar
e nada mais
me importa
e ninguém
poderá
te tirar de mim
apenas tu
e ninguém mais
só sei te amar

FLUTUANDO NO CÉU

depois
de você
fico flutuando
no céu
depois
de você
sei
o que amor
sei
o que é prazer
depois
de você
sei bem
o que quero
cada vez
mais
viver
essa emoção
de ficar flutuando
no céu
depois
de você
tive a certeza
do que o doce
depois
de você
a vida
é a que desenhei
e desejei
viver
depois de você
antes
eu não era nada
e nem sabia
para onde eu ia
depois de você
de ficar por ai
flutuando no céu
sei que só quero você

CADA BEIJO

cada beijo
dado
é memória
escrita
que não se apaga
passe
o tempo
que passar
cada beijo
dado
é marca
tatuada
para sempre
no coração
não se esquece
não
há nada
que apague
não há
nada que arranque
a sensação
que fica
para sempre
gravada
da alma
cada beijo
tem um gosto
uma história
um desejo
escondido
cada beijo
é para sempre
para toda a vida

24 de jul de 2010

POSSO ATÉ SANGRAR

posso até
sangrar
mas não desisto
insisto
eu sei
o que eu quero
eu sei
do que eu preciso
posso até chorar
nos meus
instantes
de solidão
mas não fico
lamentando
o tempo
não perco
tempo
com bobagens
quero mais
é ser feliz
o tempo todo
posso até sangrar
posso cair
e desfalecer
na dor
mas não desisto
sei quem sou
e onde quero chegar
não posso ficar
parado
chorando
lamentando
preciso
viver
toda a vida
que há em mim
posso até sangrar
mas não desisto
de ser feliz

VOLTA PRA MIM

não vai embora
fica
volta pra mim
para os meus braços
acaba
com meus medos
com minha solidão
não vai embora
fica
comigo
preciso
do seu afago
do seu sorriso
preciso
do calor
do seu corpo
preciso
das suas mãos
me guiando
pela escuridão
volta pra mim
volta correndo
já não sei mais
achar
o caminho
já não sei
mais ficar sozinho
não demora
volta logo
volta pra mim

DE CORPO E ALMA

vivo
pra você
de corpo
e alma
e alma
e corpo
e mais
vivo
pra você
pelo bem
que me faz
pela beleza
que planta
todos os dias
em minha vida
vivo
pra você
e por seu amor
porque
é bom demais
te ver
chegar
é bom demais
te ver
sorrir
é bom demais
te sentir em
mim
quando
me desespero
vivo
de corpo
e alma
para esse amor
que me faz
feliz
nos dias
em que as nuvens
tentam
encobrir meu sol
vivo
pra você
por você
por nosso amor
intenso
de corpo
e alma

O QUE SINTO POR VOCÊ

o que sinto
por você
não é esse amor
de manuais
amor
de dicionário
de enciclópedia
o que sinto
por você
não tem palavra certa
é mistura
de tudo
com um pouco mais
é um pouco de alegria
com uma pitada de amor
um dose excessiva
de vida
fatias de fé
gosta de bem querer
o que sinto
por você
ainda
não se define
em palavras
está além
dos gestos
além dos olhos
além dos sentidos
o que sinto
por você
é uma mistura
de prazer
de loucura
de querer
estar cada vez mais
enamorado
apaixonado
o que sinto por você
é você
em mim

PENSANDO EM VOCÊ

pensando
em você
sempre
me sinto
melhor
sempre
me vejo feliz
pensando
em você
me alegro
me motivo
lembro
da sua paz
lembro
do seu sorriso
pensando
em você
a vida
se faz melhor
o dia
deixa de ser fardo
tudo
fica leve
bonito
infinitamente
colorido
pensando
em você
sempre acho motivos
para querer
seguir
sempre descubro
razões
para não errar
como sempre errei
pensando em você
me faço
melhor
me vejo
sempre mais e mais
feliz

PERDI O SONO

no meio
da noite
perdi
o sono
deixei
de sonhar
para ficar
olhando
o vazio
deixei
de querer
os anjos
para contemplar
a escuridão
do meu quarto
no meio
da noite
acordei
sentei
na cama
pés no chão
perdi
o sono
a vontade
de viver
me atirei
no abismo
dos meus pensamentos
perdi
o sono
a coragem
fiquei ali
sentando
escutando
a respiração
de mim
no meio da noite
olhando o vazio
esperando o sono
voltar
para eu morrer
e esquecer
de tudo

SAI DA MINHA VIDA

sai
da minha vida
sai
do meu caminho
não posso
correr
se não sair
não posso
voltar
se souber
que ainda
está
sai da minha
vida
dos meus dias
dos meus sonhos
preciso
viver
e não posso
se não
me deixa
respirar
se não me deixar
errar
para que eu aprenda
sai
da minha vida
da minha história
sai do meu eu
preciso
respirar
e me sufoca
e me rouba
meu ar
sai da minha vida
sai da minha alegria
sai de cima
da minha sorte
preciso
aprender
a viver

MÃO NO FOGO

não coloque
sua mão
no fogo por mim
não mereço
fogo
queima
sou mortal
ainda
louco
não mais
assim
tão inconsequente
agora penso
agora volto
não desafio
a vida
nem brinco
com a morte
não coloque
a mão no fogo
nem seu corpo
inteiro
fogo queima
depois
não terei
como curar
suas queimaduras
depois
não serei
eu apagarei
o fogo
deixe
sua mão
quieta
onde está
e o fogo
queimando
o que tem pra queimar
não coloque
sua mão no fogo
por mim

JÁ PERDOEI DEMAIS

já perdoei demais
já chorei demais
já voltei atrás
dei minha cara
meus sonhos
meu mundo
já errei demais
corri demais
não corro mais
ando cansado
das mesmices
nada muda
tudo
é todo dia
igual
já perdoei demais
já fui atrás
me dei
entreguei
não faço mais
não posso mais
meu eu doi
meu eu sofre
sente
o que fiz
e o que fizeram
já estendi as mãos
abri
os braços
já sorri
já não choro mais
já perdoei demais

NÃO FAZ ISSO

me deixa
quieto
na minha solidão
quieto
no meu mundo
não faz
isso
não me provoca
não me arrasta
para a luz
gosto
do escuro
quero ficar
na penumbra
no silêncio
ouvindo
as batidas
inconformadas
do meu coração
me deixa
sem respirar
não quero
mais nenhum
ar sujo
dentro de mim
não faz isso
não me provoca
me deixa
onde estou
vivo
apenas
dentro de mim
não me balança
me deixa quieto
apaga a luz
fecha a janela
não faz isso
me deixa quieto
vivo apenas em mim

TENTO FINGIR

tento fingir
que ainda
te gosto
tento
suportar
fazendo
dos bofes
coração
tento
me desprender
me esquecer
das palavras
tento fingir
que estou bem
alegre
nos meus dias
tento
disfarçar
para que as lágrimas
não caiam
não posso
cair
tento fingir
que sou forte
tento
as vezes
não consigo
a dor
me doi
saudade
me incomoda
tento fingir
que a luz
não me cega
que o silêncio
não pertuba
as vezes
não consigo
e no meu silêncio
choro
tento fingir
que ainda
te gosto
e não te gosto mais

NÃO TE ESQUEÇO

não te esqueço
você
não deixa
me ocupa
o tempo
todo
com você
não te esqueço
você
não deixa
sempre
me chama
sempre
aparece
nos sonhos
não te esqueço
você
não deixa
sempre
vem
quando não espero
quando
penso
que não há mais
nada
chega você
falando tudo
das flores
do sol
do mundo
não te esqueço
você
não dá tempo
para que isso
aconteça
não dá tempo
para que o tempo
enfim te roube
de mim

POR MAIS QUE EU QUEIRA

por mais
que eu queira
já não posso
mais ser
o mesmo
não dá
não sobra
tempo
para que eu
possa
ser eu
por mais
que eu queira
não dá
para viver
como eu
sonhei
castelos
de areia
desmoranam
e amor
ainda não enche
barriga
por mais
que eu queira
sonhos
acabam
quando os olhos
se abrem
por mais
que eu queria
não posso
viver
de olhos
fechados
sonhando
o tempo todo
não dá
por mais
que eu queira
amar sempre
o tempo inteiro
viver me consome

MINHA DOR

minha dor
não passa
doi
latente
em mim
me faz sofrer
devagar
castigando
meu eu
me culpando
pelo que fiz
minha dor
segue
torturando
meu coração
esmagando-me
contra
as paredes
de mim
minha dor
não passa
doi
intensa
deixando marcas
e lágrimas
pelos caminhos
minha dor
não cessa
me castiga
contamina
a alma
minha dor
um dia
hei de cessar
basta
que não me veja
que não me chame
que não me peça
pra voltar

NOITES VAGAS

viva
em mim
nas minhas
noites vagas
intensa
ardente
em mim
mesmo
quando
o vazio se faz
mesmo
quando
ninguém mais
me reconhece
viva
em mim
em tudo
o que há em mim
e as noites
vagas
te chamam
e te buscam
me fazem
sofrer
a saudade
que não quero ter
viva em mim
em tudo
o que há em mim
minhas noites
vagas
me fazem chorar
a falta
que sinto
quando
sempre
não está comigo

O TEMPO PASSA

o tempo
passa
depressa
cada vez mais
ontem vinte
hoje quarenta
amanhã
quem sabe
o tempo passa
e eu nem sei
mais viver
não tenho
tempo para nada
vivo
voando
nas ilusões
e o tempo passa
arrasta
tudo o que resta
de mim
de nós
quero me agarrar
no pouco
que resta
o tempo passa
não deixa
que eu fique parado
pensando
me arrasta
me faz amar
depressa
me faz viver
depressa
o tempo passa
e muda tudo
o amor
que tenho
meu rosto
minha vida
se parar
fico
e o tempo passa

NÂO VIVO SEM VOCÊ

eu tentei
de verdade
viver
sem você
achei
que saberia
andar
pelas ruas
curtindo
a liberdade
e descobri
não vivo sem você
me perco
e choro
e sinto medo
tenho saudades
eu tentei
arrancar
meu coração
mas você
em todo meu eu
no ar
na pele
na memória
que não se apaga
não vivo sem você
me perco
e sofro
e choro
sinto saudades
e busco
em tudo
tudo o que me lembra você
eu tentei
e perdi
para o amor
que sinto
por você
agora sei
para sempre
não vivo sem você

PROCURANDO VOCÊ

por ai
sempre
procurando você
sempre
por aí
fazendo
de tudo
para agradar
seu sorriso
sempre
querendo
estar
por perto
sigo
sempre
procurando
você
por onde quer
que eu ande
mesmo
que doam
meus pés
mesmo
que me sinta
extenuado
cansado
mesmo que caia
desfalecido
não desisto
sigo
procurando você
por ai
em todos os ventos
que sopram
em todos os raios
de sol
em todas as flores
do meu caminho
procurando você
porque sem você
eu sei
não sou nada

NOVAMENTE

novamente
eu aqui
tentando
contar
as estrelas
do nosso céu
novamente
eu aqui
tentando
novamente
sobreviver
nas minhas noites
longe de você
sempre
lembrando
da nossa vida
e querendo
sempre
o nosso amor
novamente
já não sei
mais nada
só sei querer
o que há em você
nossa vida
nosso prazer
novamente
eu aqui
te buscando em tudo
o que há em mim
nas estrelas
dessa imensidão
do nosso céu
novamente
senti saudades
de nós