30 de jun de 2010

SEMEANDO

vou
semeando
amor
um pouco
de cada
vez
e sempre
vou
devagar
sem pressa
sem saber
onde vou chegar
semeando
o amor
por onde passo
amor
puro
não o amor
disfarçado
vou semeando
amor
arrancando
se puder
a dor
e deixando o sorriso
vou com calma
sem pressa
dando
o que há de melhor
em mim
amor
em forma
de palavras
amor
com jeito de poesia