"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

28 de mai de 2010

PARE DE FINGIR*

pare
de fingir
assuma
a sua verdade
não fique
querendo
me iludir
não me iludo mais
pare de fingir
que a saudade
dói no peito
para de inventar
pretextos
diga que não está
nem ai
que não se importa
que não quer mais
que não vai correr atrás
fica mais bonito
combina mais
com você
pare
de fingir
assuma suas fraquezas
seus erros
peça desculpas
se precisar
volte atrás no que disse
e no que sentiu
aprenda que palavras
também ferem
mais do que armas letais
pare de fingir
cresça