28 de mai de 2010

DELIRANTE*

delirante
teu beijo
em minha boca
tua boca
em minha pele
minha pele
no toque
das tuas mãos
as mãos
dedilhando
segredos
delirante
é teu corpo
despido
ouvir teus sussurros
teus gemidos
e me dar todo
para ti
delirante
é ver teu norte
sentir
teu vento
sentir tua respiração
é abraçar-te
em teus momentos
profanos
é inundar
tua alma de luz
delirante
é te amar
e sentir em mim
teu amor