25 de abr de 2010

MAGOAS

não tenho
magoa
nem ódio
não tenho nada
indiferença
quem sabe
talvez
nem isso
eu sei
que você
merece
não tenho
magoa
nem dor
acho que foi
melhor
pelo menos para mim
choramos hoje
amanhã
se houver mesmo
destino
quem sabe
eu duvido
a gente possa
se encontrar
em ruas diferentes
sem mais
a mesma
necessidade que antes
havia
não tenho magoas
nem dor
aprendi
a sobreviver
com cicatrizes
aprendi
que o amanhã
é tarde demais