27 de abr de 2010

DIAS DE PAZ

há tempos
que não vivo
os dias
de paz
hoje
tenho corrido
contra tudo
tenho feito
tudo acontecer
tenho feito
tudo
de tudo
para que dias
de paz
voltem
há tempos
que venho
correndo
contra o destino
que me foi
dado
ninguém me perguntou
se eu queria
ninguém me disse
quem eu seria
há tempos
que já não sei
quem eu sou
falaram tanto
de mim
que há tempos
venho andando
pelo caminho
que já trilharam
para mim
desde que nasci
e mesmo antes
de morrer
há tempos
busco
de novo
meus dias de paz