8 de fev de 2010

JUVENTUDE

Tanta
Juventude
Que não posso
Deixar
De viver
Não posso deixar
Tudo guardado
Em mim
Há tanta vida
Tanto o que fazer
Não posso
Deixar
Nem ficar parada
Vendo a vida passar
Há juventude demais
Em mim
Me sinto menina
Cheia de vida
Cheia de desejos
Tanta juventude
Não posso
Deixar
A idade cortar minhas
Asas
Não posso deixar minha
Juventude
Se perder por aí