29 de jan de 2010

AMOR VIVO

Amor
Jamais morrerá
Em mim
Estará
Sempre vivo
Intenso
Fazendo da minha
Vida um jardim
Florido
Não há por que
Ser diferente
Não porque deixa
Que esse amor vivo
Se desfaça
Seque
Morra
Cuido bem
Do amor que sinto
Do amor
Que é verdadeiramente meu
Amor
É o que me faz ser
Quem sou
Amor vivo
Enquanto houver vida
E o ar encher meus pulmões
E o amor transbordar em mim