"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

30 de set de 2009

BARULHO DAS CHAVES

adoro
o barulho
das chaves
abrindo
a porta
amo
a porta
mais uma se fechando
e seus passos
caminhando
no silêncio
do piso frio
adoro
ouvir a luz acender
e o barulho
da chaves
jogadas
no cinzeiro
finjo que durmo
e imagino
você
desfazendo
o nó da gravata
lavando as mãos
e vindo
na direção
do nosso quarto
amo sentir
seu perfume
quando a porta se abre
e o peso
do seu corpo
sobre o cama
amo
sentir
seu respiração
e sua boa noite
no pé do ouvindo
me acendendo
me arrepiando a alma
amo
saber
que sempre volta
pra mim

DECRÉPITO

amor
decrépito
amor
de retalhos
frangalhos
amor
que já morreu
e ainda
insiste
no tempo
amor
velho
recalcado
amor que ninguém quer amar
amor amargo
amor sem sabor
de aparências
tão vulgares
de gestos
tão frios
amor decrépito
sem valor
amor
que passa
sem graça
desapercebido
amor
sem cor
sem calor
sem nada que valha
esse querer
amor usado
amor sem saudades
amor sem tarde
sem noite
sem sol

EXAURIDA

sempre
vem
cansada
em migalhas
exaurida
.
sempre
com suas vestes
negras
coladas
no corpo
marcando
ainda mais
teu cansaço
.
sempre
pesada
sem ânimo
pra nada
copo de vinho
na mão
sandálias
jogadas
e o corpo jogado
no sofá
de couro falso
.
sempre
e quase sempre
sem
palavras
vestida de negro
e em silêncio
cansada
morta
exaurida
de tudo
da vida

INCONSTANTE

queria
te amar mais
este
teu amor
inconstante
como teus dias
que ficam sem sol
e chovem
derrepente
e teu humor
que fica
das nuvens
ao abismo
queria
te gostar mais
mais
esta tua vida
tão cheia
de altos e baixos
tuas oscilações
me deixam
com medo
de arriscar
querer
e gostar mais de você
seu mar
às vezes
calmaria
derrepente
temporal
nunca sei
como acordas
nem sei por onde pisas
parece quem em brasas
que num piscar
de olhos
viram água
não posso querer
fincar minha cruz
em teu solo
de pedra
de areia
tua vida tão inconstante

ESTONTEANTE

para
onde foi
aquela sua
beleza
estonteante
talvez
tenha
se perdido
no mesmo instante
que suas palavras
saíram
sem nenhum sentido
dessa sua boca
dessa sua cabeça
que diz sem pensar
para
onde foi
sua beleza
outrora
tão marcante
envolvente
estonteante
porque agora
em você
nada mais
porque agora em você
tudo tanto faz
seu riso lindo
hoje sem graça
sua beleza
se foi
esgoto abaixo
deixou você sem graça
sem luz
opaca
e a beleza que era
estonteante
de deixar
bamba as pernas
morreu
se perdeu
já era

MINÚCIAS

nenhum
detalhe
com você se perde
nada
passa
por você
desapercebido
olha tudo
até as minúscias
de tudo
que já morreu
detalhes
que ficaram
esquecidos
nada se perde
sem que seus olhos
toquem
sem que suas palavras
atinjam
cada parte
do todo
todo de um tudo
sabe
tudo
olha tudo
e vê
muito mais
coisa
que não se vê
minúcias
esmiuçadas
coisas que ninguém vê

VÓRTICE

és como furacão
que chega
deixando
tudo no chão
és como
tempestade
que chega
arrasando
tudo
bagunçando
o mundo
deixando
tudo de pernas
para o ar
vórtice
de qualquer paixão
coisa que vem
e agita
e transforma
que faz pensar
que não deixa pensar
vórtice
de qualquer amor
que queima
no soprar
de um vento
és como furacão
que chega
quando menos
se espera
quando as janelas
ainda estão abertas
e as portas
encostadas
és vento
o mais forte
o mais intenso

INCRÉDULA

como pode
perder
a crença
no brilho do sol
como
pode
deixar
de sentir
no vento
o doce perfume
das rosas
como pode
ficar
assim
incrédula
com a vida
como pode
deixar
de amar
assim tão derrepente
sem se preocupar
se matava
corações
a sua volta
como pode perder
a sua fé
e sua razão
e mergulhar
nesse poço sem fim
como pode
desacreditar
em tudo
o que aprendeu
e ensinou
como pode ficar
morta
incrédula
tão ausente de si

ASPEREZA

ah
se fosse
somente
tua voz
são teus gestos
tuas atitudes
ah
se fossem
apenas
teus olhos
mas é tudo
de você
a aspereza
das tuas mãos
da tua voz
e este teu jeito
aspero
de querer
tudo
como quer
de querer
que tudo se molde
como
quer seus sonhos e desejos
ah se fosse
apenas
mais uma de tantas
não é
é só você
em mais um canto esquecido
e a asperaza
natural
da mãos ressecadas
e dos olhos
ainda cheios de lágrimas

ACALENTAR

acalentar
suas noites
de solidão
acalentar
seus pesadelos
e suas horas
de insônia
cobrir
com o véu
suave
seu corpo
para que nada
de você
se perca
dissipando-se
por aí
acalentar
seu corpo
para que seu calor
também
me aqueça
somos um
na mesma noite
somos
o mesmo sonho
e a mesma dor
somos
um
batendo no mesmo
coração
de nós dois

28 de set de 2009

QUERO TE TER



quero te ter
te ter
por inteira
te ter nas minhas noites
de insônia
nas minhas
manhãs de sol
quero te ter
sorrindo
ou até mesmo
brava
quero te ter
de qualquer jeito
sem pressa
de ver tudo
chegando
no final
quero te ter
no meio do dia
sem esperar
te pegar
de qualquer jeito
quero
tua paz
tua luz
teu brilho
quero te ter
de qualquer maneira
e sempre
te quero
nas minhas horas vazias
nas suas horas
de desespero
quero te ter
sempre
em minha vida

VONTADE DE VOCÊ

tenho
vontade de você
de saber
de você
de ouvir sua voz
de ver você chegando
sem pressa
de se despedir
tenho vontade
de você
do seu corpo
do seu cheiro
do seu abraço
tenho vontade
de ver e sentir
seu despertar
ver e sentir
a água
cobrindo
seu corpo no banho
tenho vontade
de você
de tudo o que vem de você
vontade
de saber
das suas histórias
sem saber
e nada do seu passado
tenho vontade de você
de estar do seu lado
de escutar
no vento o som
do seu silêncio

DESEJO

não tenho
porque
negar
o desejo
que tenho
por ti
ainda
não é crime
desejar
querer
sentir
não tenho
porque deixar
guardado
em meu peito
e calar minha voz
deixo
o desejo
que sinto
falar por mim
não nego
não escondo
nem minto
para o destino
não tenho porque
sinto
o desejo
e não o sufoco
e nem deixo
o desejo
me sufocar
não tenho o porque

FIM DA MADRUGADA

fim da madrugada
anjos
da noite
se escondem
voam
para dormir
.
fim da madrugada
anjos
do dia
acordam
para fazer a vida acontecer
.
a vida acontece
depois
que o fim de tudo
termina
depois
do fim da madrugada
depois
do fim
de algo que sempre
se esconde
.
anjos
dormem
anjos
vasculham
anjos
se escondem
anjos não falam
quando termina a noite
e vem
o fim de mais uma madrugada
.
anjos
da noite
anjos
do sol
dos dias de luz
esperam
terminar
os sonhos
para fazerem de novo
a vida acontecer

TÃO PURA

como
pode ser
tão pura
mesmo
diante
das nuvens
escuras
como
pode amar
tanto assim
com esse amor
já tão em desuso
não se ama mais
como você ama
nem se deseja mais
com tanta intensidade
como você deseja
como
pode ainda
crer em tudo
com tamanhã fé
e ver no amanhã
ainda
alguma esperança
como
pode
ser tão pura sua alma
e sorrir
ainda
mesmo que a desgraça
a alcance
e rezar ainda
nas suas noites
sem sono
como pode
ser assim
sempre
tão linda
tão suave
e tão intensa

NOITE PERDIDA


mais
uma noite
perdida
com sonhos
que não deveria
ter
entre os pesadelos
e as sombras
que me assombram
mais
uma noite
de afago
solitários
de desejos
que rondam minha
calma
mais uma noite
olhando
para o céu
sem estrelas
buscando
no vento
qualquer saudade
rabiscando
palavras
no branco
da parede
mais uma noite
entre a insônia
e a vontade de sumir
mais uma noite
perdida
com minha cama
fria
vazia

FACHO DE LUZ

és
o facho
de luz
do meu caminho
escuro
és
a estrela guia
na escuridão
do meu céu
és
ainda
minha maior
certeza
e sempre será
és
quem consola
quem acalma
que ama
sem aponatr
os defeitos
tão aparentes
és
o facho de luz
que direciona
os meus passos
nesse caminho escuro
és
a força
nos meus momentos
de medo
és ainda
e sempre será

RELUZ

não há
no mundo
quem apague
sua luz
não há
em toda
a imensião
luz
como a quem brilha
existe
em você
luz que reluz
luz
que ecoa
não há
nada que se compare
a sua beleza
nem mesmo
as flores
nem mesmo
o céu
e sua imensidão
nem mesmo
o mar
e o o silêncio
sua luz reluz
brilha
por toda extensão
desse mundo
não há
nada
nem ninguém
que para mim
seja igual
ou melhor que você
luz que brilha
luz que reluz

TANTO AMOR

tanto amor
dentro
de um só peito
dentro de
um só coração
tanto amor
que mal
se consegue
amar
querendo
amar
todo amor
de uma só vez
sempre
se quer amar
todo amor
tanto amor
que o peito
chega a doer
chega a chorar
a ansiedade
do momento
tanto amor
que o amor
chega invadindo
os poros
coração
alma
tanto amor
que não se sabe amar

CHEIRO DE AMOR

sinto
no luar
quando a lua
se despe
na minha janela
o cheiro de amor
sinto
no arrepiar
da pele
o suave desejo
que nasce
devagar
de um acaso
sinto
no olhar
o querer
bem mais e além
de um simples
olhar
aprendi
a ler o
que falam os olhos
aprendi
a traduzir
o que dizem os gestos
sinto
no vento
o cheiro do amor
que venta por aí
arrancando
as vendas
dos olhos quase cegos
sinto
no ar
o desabrochar
das novas paixões
e são tantas
e tamanhas
intensas
imensas

27 de set de 2009

MOMENTO ETERNO

um momento eterno
que possa
te encontrar
em mim
que possa
encontrar
em mim
tudo o que deixou
teu sabor
teu calor
apenas
um de todos
os nossos momentos
o mais
insano
o mais
irracional
um momento eterno
onde eu possa
me refugiar
e te amar
ainda
que nos meus sonhos
um momento eterno
onde existiu
apenas
meu eu
e você toda
sem disfarces
para que vivas
por muito tempo
dentro de mim

UMA LEMBRANÇA

uma lembrança
aquela madrugada
fria
de verão
nós dois
sentados
na beira do asfalto
garrafa
jogada no chão
meu corpo
agarrado
em teu corpo cansado
e nós dois
ali
bebedos
embriagados
de amor
uma lembrança
daquela
história
sem final
de nós dois bailando
cambaleando
pela vida
na corda bamba
de uma avenida
uma lembrança
seu sorriso
se desfazendo
meu corpo
do seu corpo
se afastando
e essa uma lembrança
virando cinza
naquela manhã
que não mais
nascerá

A MINHA ESPERA

passou
todo seu tempo
a minha espera
não sorriu
não viveu
ficou
somente
a me esperar
na janela
não viu
se havia sol
se era inverno
nem escutou
os pássaros cantando
passou
pela vida
e não viveu
passou
pela vida
e não sorriu
ficou o tempo
todo
a minha espera
e eu nem sabia
que na janela
aberta
havia margarida
desfolhando
no bem me quer
mal me quer
passou eu tempo
e eu não a vi

PORTA ABERTA

deixarei
para você
a porta aberta
não precisa
bater
basta chegar
e entrar
estarei na cama
morta
de saudade
deixarei
a cama pronta
meu corpo
está limpo
e sedento
deixarei
a porta aberta
para que o vento
deixe
o quarto fresco
e o meu perfume
o encontre
onde quer
que você esteja
basta entrar
a porta estará
sempre aberta
para você

LÁGRIMA GUARDADA

deixei
sua lágrima
guardada
na agenda
dos dias
passado
guardei
sua lágrima
para que possa
me lembrar
todas as noites
das noites
que vivemos juntos
e as noites
que passamos
em claro
falando do amor
que sentíamos
deixei
uma lágrima guardada
para matar
minha sede
quando
a saudade
bater
forte
no meu peito
deixei
em um vidro
de cristal
uma lágrima guardada
para lembrar
da única vez
que me disse adeus

SORRISO DE TRISTEZA

vejo
teu sorriso
de tristeza
todas as manhãs
quando
caminhas
tentando
esconder a face
ainda
manchada
pelas lágrimas
caídas
vejo
teu sorriso
de tristeza
sorriso
de amargura
vejo
teu semblante
carregado
sem a luz
de um amor sincero
vejo
teus pés
arrastando-se
pelo asfalto
o teu corpo
cheio de cicatrizes
vejo
o teu sorriso
de tristeza
querendo disfarçar
nem sei
o que fazer
pra devolver
a luz natural
e te vejo partir
de novo
na névoa
de um novo dia

MADRIGAIS

queres
sempre elogios
queres
sempre
as palavras mais
doces
meus madrigais
queres
sempre
o meu sorriso
sempre
o que há melhor em mim
e não sabes
e nem te preocupas
se o dia
para mim
amanheceu
sem sol
queres
de mim
apenas
o sol brilhando
os madrigais
e as palavras
perfeitas
que te façam sentir
melhor
e fazem
teu ego inflar
queres
de mim
os sonhos
e os poemas
mesmo sem saber
se há sol
em meu dia

NÃO LEVE A MAL

não leve
a mal
se não corro
atrás
de você
se não lhe escrevo
se não
lhe busco
não leve
a mal
se sua beleza
não me atrai
se seu corpo
é mais
um corpo
e se nada em você
me chama a atenção
não leve
a mal
se não vejo
em seus olhos
a vitalidade
que busco
não leve
a mal
se não quero nada com você
já sei
que não tem nada
para oferecer
já sei
que meu coração
já está cheio
que minha alma
já está completa
e meu corpo
já sente prazer demais

HORA DE EXPLODIR

não
era
a hora de explodir
não
era
a hora de dizer
tudo
aquilo
que precisava ser dito
não
era
o momento
daquelas
palavras amargas
não
era o momento
nem hora de explodir
de espalhar
nossas verdades
pelos ventos
que ventavam
naquela noite
não
era
o momento
de soltar
e deixar minha fúria
falar por mim
estraguei tudo
não
era hora
hora de explodir

LÁGRIMAS NEGRAS

ficaram
nos lençois
as marcas
da sua noite
ficaram
nas fronhas
e nos travesseiros
tuas lágrimas negras
sem que pudesses
disfarçar
teu choro
e nem teus olhos
cheios
de pintura
cheios de maquiagem
ficaram
nos lençois
as tuas decepções
e minhas frustações
do teu corpo
frio
e vazio
sem amor
sem nada
que me fizesse voltar
eu só falei
o que sentia
e tuas lágrimas negras
ficaram
secas nas fronhas
do meu travesseiro

26 de set de 2009

PAR DE MEIAS*

o que
deixou
além da saudade
foi um par de meias
pendurado
no varal
o que deixou
além do vazio
foram
as incertezas
de tudo
e o par de meias
balançando
no varal
foi
o que restou
foi o que deixou
além
da cama sem os lençóis
foi
a casa vazia
e o par de meias
o que deixou
foram os lugares
por onde andamos juntos
foi a padaria
e o pão na chapa
foram as tardes
de cachorro quente prensado
e o guaraná
hiper gelado
o que deixou
foi a saudade
e o par de meias
ressecado pelo sol
no varal

FÁCIL DEMAIS*

amar
é fácil demais
basta
um coração
carente
uma noite fria
basta
um cálice
de vinho
amar
é fácil demais
basta
que os olhares
se encontrem
basta
que as bocas
se calem
num beijo
basta
que os corpos
sintam
a necessidade
de estarem
amando
amar
é fácil demais
basta
se encontrar
no mesmo
sonho
e despertar
no mesmo desejo
amar é fácil
difícil
é deixar de amar

MENTIR É FÁCIL*

mentir
é fácil
basta
ter boa memória
ter uma boa agenda
ter boas razões
.
mentir
é fácil
basta
ter boa imaginação
e sempre
boas desculpas
e amigos
ingênuos
.
mentir
é fácil
basta não crer
na vida
nem ter fé
em nada
ser fútil
ser banal
.
mentir
é fácil
para quem brinca
de viver
para quem
não leva
a sério
esse papo de viver

TRUQUES BANAIS*

você
e seus truques banais
você
e suas insinuações
para me convencer
me convencer
do que já sei
do que já conheço
você
e seus
malabarismos
truques banais
para persuadir
meus sonhos
e minhas perpecpções
você
ardilosa
manhosa
amante carente
cheia
de más intenções
cheia
de manhas
e truques banais
para me jogar
na sua cama
e me encher
de um amor que
eu já tenho

PERFUMES BARATOS*

que
as mulheres
andem
por aí
todas perfumadas
que as mulheres
espalhem
pelo vento
toda finura
toda sagacidade
que as mulheres
conquistem
pela alma
pela calma
pelo sorriso
que as mulheres
entendam
que são necessárias
para uma vida mais bela
que não haja tanta
vulgaridade
nos gestos
que as mulheres
encantem
as noites
e as estrelas
e que não haja
a preocupação
com perfumes baratos
que as mulheres
não percam
a beleza
de sua essência

FLORES DO MAL*

não sei
no jardim
quais
são as flores
do mal
não sei
quais
as flores
que me fazem mal
não quero
ver
não quero ter
que arrancar
nenhuma flor
do jardim
não posso crer
que as flores
podem causar algum
dano
não posso acreditar
que existem
flores do mal
não sei
quais são essas
flores
de doce veneno
que matam
sentimentos
lentamente
não quero ter
que podar
nenhuma das flores
mais belas
que encantam
que exalam
os mais suaves perfumes
não quero crer
que há
em tudo
flores do mal

SÓ ENTUSIASMO

foi
só entusiasmo
coisa
de momento
e eu pensando
que era
um cara sério
fui
só uma brincadeira
um passatempo
fui
mais uma diversão
você errou
comigo não
não desses brinquedos
nem um corrimão
você errou
se achou
que podia
usar
minha beleza
para alegrar
sua noite
serei
agora
seu pesadelo
sua sombra
a escuridão
dos teus dias
foi só entusiasmo
chegou
e pensou que podia brincar
com o que sentia
com o que queria
achou que podia
desfilar
comigo entre seus amigos
e depois
me jogar fora
errou
você dançou

COR DE ROSA

teu batom
cor de rosa
na boca linda
.
teu batom
cor de rosa
na minha boca
.
teu batom
cor de rosa
escorrengando
deixando
minha língua
ainda mais
sedenta
do teu beijo
.
teu batom
cor de rosa
manchando
meu lençol
deixando
em tuddo
tuas marcas
deixando
em tudo
teu sabor
.
teu batom
cor de rosa
deixando
minha boca marcada
meu corpo marcado
e eu
ainda com mais
e mais
desejo
do teu batom
da tua boca
cor de rosa

MEU BEM

meu bem
deixe tudo de lado
esqueça
de vez
todo passado
para que viver
triste
isolada
meu bem
e todo nosso amor
e todos os dias
que vivemos
todo aquele amor
meu bem
deixe de lado
as folhas
que voaram
daqui pra frente
novos dias
virão
não se vista
mais de solidão
chame por mim
fico
nessa angústia louca
esperando
ouvir
você me chamar
meu bem
lembre-se
do nosso amor
deixe o resto de lado
o que passou
já era
não fique mais
remoendo
deixe o novo vento soprar
meu bem
me dê sua mão
vem comigo
deixa eu fazer você esquecer
o que passou
não volta mais

MINHA COVARDIA

minha covardia
é ficar
aqui
no meu silêncio
querendo
fugir
da vida
e das pessoas
minha covardia
é ficar
vivendo
os meus sonhos
trancando
nesse mundo
sem dividir
pensamentos
em expor
o que sinto
minha covardia
é deixar
que falem
de mim
sem que saibam nada
de mim
eu gosto
de ficar aqui
com minha covardia
com meus sonhos
e minha paixões
sempre desvairadas
minha covardia
é ficar
escrevendo
o que sinto
e deixar
a vida passar
do lado de fora

25 de set de 2009

AMOR SUBLIME

todo amor
verdadeiro
é amor sublime
não amor
algum
que não seja nobre
todo amor
é feito
de luz
é feito
de doação
todo amor
que vale à pena
amor de alma
amor para vida inteira
é amor sublime
amor
de todos os dias
amor que ensina
amor que aceita
todo amor
é amor
de sempre
amor que não passa
por nada
nem vê defeitos
amor
todo amor
de verdade
é amor sublime
amor completo
amor por inteiro

CRIANÇA POBRE

criança pobre
que anda por aí
descalça
com fome
cheirando cola
furtundo
pedindo esmola
será que Deus
esqueceu
dessa criança
que andam
por aí
na chuva
no vento
bandidas
sem pais
sem país
criança pobre
que cresce entre
o desprezo
dessa gente esquecida
e o lixo dessa cidade imunda
criança pobre
sem natal
sem dia das crianças
sem páscoa
sem ano novo
todos os anos são velhos
todos os rostos iguais
todas as vidas
são iguais a sua vida
criança pobre
largada esquecida

MINHA ANGÚSTIA

minha angústia
está
em não ver
nenhuma escada
na minha frente
em não perceber mais
nenhum sol
nenhum sorriso
minha angústia
está
nas palavras
que podem ficar perdidas
nos livros
que ninguém lê
pode estar
no amor
que ninguém mais
quer viver
em lares
desfeitos
em pais
sem filhos e quantos
filhos
sem pais
minha angústia
está em escrever
horas a fio
e ninguém ler
as poesia
que grita minha alma
e eu sigo
por esse caminho
de anos
minha angústia
é ver
tudo perdido
tanto esforço por nada
nessa luta
por paz
nessa luta
um tanto quanto solitária

ALGUÉM INVÍSIVEL

mesmo
que vá embora
que desapareça
sem deixar
rastros
serei
sempre
alguém invísivel
na sua vida
sempre
estarei presente
quando
soprar
o vento
estarei na saudade
de um momento
estarei
pulsando ainda
em suas veias
serei
alguém que não vê
mas sentirá
minha presença
nas suas noites
e nos seus dias
de solidão
sentirá meu cheiro
no vento
e sempre encontrará
minhas pegadas
serei alguém invisível
aquele
que segue
você pelas ruas
serei
uma sombra
uma brisa

MIL PEDAÇOS

mil pedaços
de você
em mil
pedaços de mim
em minhas poesias
mil pedaços
espalhados
por aí
levados
pelos ventos
que levam as cinzas
que sobraram
de todos
os papéis
queimados
mil cinzas
de você
e vamos nessa guerra
de nós dois
mil pedaços
de mim
espalhados
mil pedaços
de você voando
e vamos
nessa nossa batalha
de sobrevivência
cada um querendo impor
suas vontades
e nós dois
no mesmo barco
com um remo apenas
nós dois
e mil pedaços
dos dois

AINDA É CEDO

ainda cedo
para acordar
fique
deitada um pouco mais
deixe-me
aqui suspirando
essa paixão
deixe-me aqui
ainda cedo
para seguir meus passos
deixe
por enquanto
as janelas fechadas
ainda cedo
e não há sol
nem ninguém nas ruas
fique deitada
um pouco mais
prometo fazer silêncio
fico aqui
do seu lado
pensando
em tudo o que um dia
irei dizer
nos meus discursos
ainda é cedo para sonhar
os sonhos
absurdos
a realidade ainda nos castiga
fique aí
com seus sonhos
de noites
douradas
ainda é cedo
para ficar acordada

PERDIDA

ficarás
perdida
no teu mundo
de sonhos
ficarás
perdida
entre a luz
e a escuridão
sem poder
pegar
qualquer
das mãos
que tentam
te agrarrar
dos braços
que tentam
te abraçar
ficarás
ainda
caída no chão
deste teu mundo frio
perdida
nas noites
de tantas insônias
ficarás
sozinha
ainda que chamem
teu nome
ainda que busquem
teus pesadelos
estarás
sempre perdida
no teu jeito
de sentir amor
neste teu jeito errado
de amar
ficarás
no eco
de todas as vozes
que te chamam

COMO UM REI

não quero
nenhum castelo
nem ser rei
não quero
súditos
não quero
ser tratado como rei
não preciso
não há razão
quero apenas
viver minha solidão
que é natural em mim
quero viver
como puder
não quero ser rei
quero apenas
viver meus dias
como sempre vivi
como sempre quis viver
não quero luzes
e nem aplausos
quero apenas
meu abajur
meus papéis
e poder encontrar
o seu vento
quando precisar
navegar
por sua imensidão
pelo seu mar
não tenho a intenção
de ser rei
nem preciso de reinado
quero
apenas seu vento
meus papéis
e minhas canetas

QUASE ESCRAVIDÃO

sinto-me
preso
a você
ligado demais
sem poder fugir
sem ter como
escapar
do seu corpo de mulher
esse
seu amor
é quase uma prisão
é quase escravidão
quero voar
você não deixa
eu me calo
quero viver
você me prende
eu não reclamo
e volto
e me entrego
não consigo fugir
de você
desse amor
desse desejo
do seu corpo de mulher
que me prende
e não me deixa nada
sinto-me
preso
amarrado a você
a esse estranho amor
aos desejos
carnais
a sua volupia
prisão
sem celas
quase escravidão

UMA MENINA

será
para mim
sempre
uma menina
mesmo
que cresça
mesmo
que siga
sua vida
e seguirá
eu sei
será
para mim
sempre a mesma
criança
uma menina
de sorriso meigo
ainda que não tão presente
será
a mesma
aquela que sempre
me fez correr
atrás
do sonhos
aquela que sempre
me fez ficar acordado
até sua chegada
mesmo que tenha
sua vida
e sei que terá
será
sempre uma menina
apenas mais
crescida
mais resolvida
mulher
para mim
sempre
uma menina