"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

28 de nov de 2008

MEDOS PERDIDOS


o tempo
vai passando
vai mudando tudo
vai levando
o velho sorriso
e trazendo
sorrisos novos
o tempo
vai transformando
a paisagem
degradando
medos
rasgando
destino
deixando somente
fotografias
e os papéis amarelados
o tempo
leva os medos
medos perdidos
e traz novos
desejos
o tempo passa
transforma
sonhos
faz desmoronar
crenças
levanta
e deixa tudo no chão
também

ENCONTRO


quando almas
enfim se encontram
não há
necessidade
de palavras
os olhos falam
mãos se tocam
quando almas
enfim se encontram
não há mais nada
o mundo sorri
o mundo para
se faz o silêncio
e todos contemplam
o momento
nada mais importa
nada mais
quando almas
se encontram
corações fundem-se
corpos
se unem
para sempre
e jamais
se separam
quando almas
se encontram
não há mais nada
apenas o momento
eternizado para sempre

ROUPAS JOGADAS

adoro
acordar
e ver nossas
roupas
jogadas
no chão
adoro
ver nossa
manhã
nascendo
com seu perfume
e o seu gosto
em mim
amo
sentir você do meu lado
o calor
do seu corpo
me aquecendo
adoro
nossas roupas jogadas
depois de tudo
ver o lençol amassado
na cama
que agora é nossa
adoro
tudo em nós
nossas noites
nossos dias
e esse amor gostoso
de sentir
amor que não cansa
eu amo

NÃO TENHO PRESSA

não
tenho pressa
sou formiga
carrego
minhas folhas
uma por uma
dia após dia
não
tenho pressa
sei bem onde
quero
e vou chegar
devagar
passo
após passo
poema a poema
vou
não tenho pressa
nem devo ter
nem devo
correr
para quê?
meu destino
está ali
esperando por mim
ele não vai mudar de lugar
me espera
não tenho pressa
vou chegar

ATRASADO


cheguei
anos luz
atrasado
ao seu coração
e quis
invadir
expulsar
quem já havia
nele feito morada
cheguei
atrasado
você já amava
e eu
amei
você
quando olhei
seus olhos nos meus
era tarde demais
cheguei atrasado
e mesmo assim
quis invadir
quis mudar
o curso do rio
e o que consegui
foi fazer ventar ainda mais
cheguei
atrasado demais
no seu coração
agora espero
eu morrer e nascer
eu sei
hei de encontrar você de novo

AMOR NÃO SE EXPLICA

amor
acontece
sem esperar
no olhar
amor
de verdade
não se explica
explicar
o quê
amor se sente
se vive
amor não se explica
se explicar
perde
a graça
perde a razão
a doçura
a emoção
amor
se vive
dia após dia
devagar
sem querer mais
nada
somente amar
amor não se explica
se sente
se vive

PERTO DE MIM

perto de mim
apenas
o sopro
do vento
perto de mim
apenas
minhas memórias
perto de mim
as nuvens
do meu céu
e minha solidão
perto de mim
nada mais
do que meus pensamentos
perto de mim
a fé
de dias melhores
a fé que me transporta
e que ainda
mais triste
que esteja
me sustenta
perto de mim
apenas meus passos
e a busca
do amor eterno

27 de nov de 2008

HOMENS TAMBÉM CHORAM

homens
também choram
a ausência
de uma mulher
homens
também
sentem dor
da partida
homens
também amam
e sentem
saudade
homens também choram
de medo
tem sentimentos
que invadem
e afloram
homens
também
se compadecem
se emocionam
homens criam armas
e plantas flores
homens tem ideais
e idéias
homens amam
e querem ser amados
homens nascem
e morrem

EU POSSO TE CONFORTAR

posso te confortar
te consolar
nas tuas horas
de angústia
apenas
não queiras mais
de mim
não esperes
amor eterno
eu posso te confortar
cobrir teu corpo
quando a noite
esfriar
posso te contar história
te fazer dormir
posso
ir até teus limites
acalentar
tuas dores
mas não esperes nada de mim
nada além
de conforto
de consolo
para tuas aflições
meu amor já tem dono
não esperes mais
eu posso te confortar
mas entendas
eu vou embora
não me peças pra ficar

OUVI UM ANJO SUSSURRAR



ouvi
um anjo
sussurrar
falou coisas
lindas
sobre um amor
que ainda não conheço
sussurrou
nos meus ouvidos
coisas lindas
falando
da beleza
da entrega
a esse amor
falou
de possibilidades
e de como
eram grandes
as dimensões
desse sentimento
chamado amor
ouvi um anjo
sussurrar
e acordei
morrendo
de vontade de saber
mais
sobre esse sentimento
chamado amor

NADA É TÃO LINDO




nada é tão lindo
quanto
o amor
bem amado
nada é mais
gostoso
que o amor
bem feito
nada machuca mais
do que a distância
e a saudade
é bom
demais
deixar a paixão
tomar conta
do corpo
da alma
nada é tão bonito
como o amor vivido
todos os dias
na forma mais bela
de todo amor
nada
é mais intenso
do que o alvorecer
de mãos dadas
e acordar de madrugada
e dizer
eu amo você

DANCE COMIGO

dance comigo
em qualquer lugar
qualquer ritmo
apenas dance comigo
deixe seu corpo colado
ao meu
deixe que eu guio
seus passos
solte
seu corpo
dance comigo
se aguentar
a noite toda
num só ritmo
numa só melodia
dance comigo
e me sinta
nesse momento
entregue a você
entregue
à música
dance comigo
e faça o que quiser
apenas dance comigo
me abrace
e deixa que eu conduza
você
por um mundo todo meu
e faça comigo
nessa noite
o que você quiser

TODA HISTÓRIA TEM UM FIM

toda história
tem um fim
hoje
amanhã
quem sabe talvez
termina de um
jeito
ou de outro
toda história
que se preza
tem começo
meio
e toda história
tem um fim
triste
alegre
não importo
tem um fim
"as letrinhas" sempre sobem
toda história
tem trilha sonora
uma música
que fica
que toca
a mais gelada
das almas
toda história
tem música
e tem um fim
e o nosso
é agora
olha as letrinhas subindo

MEDO DE CAIR

foram tantos
tropeços
que perdi
o medo de cair
foram tantas
mágoas
que já não sinto nada
coração
está frio
já não tenho
mais medo de cair
tantos tropeços
tantas desilusões
sentidas
sofridas
quantas mentiras
meu coração
não se importa mais
só não quer
cair
em mãos erradas
medo de cair
nas armadilhas
de um destino qualquer

SÁBIO


sábio
observa
fala na hora certa
diz
as palavras corretas
sábio
não é desse mundo
sábio
também erra
e sabe
e reconhece o erro
sábio
pede perdão
e recomeça
sábio não julga
não condena
não aponta
sábio
olha
entende
e sabe quando parar
sábio
liberta
não prende
sábio
entende o silêncio
sábio
espera
não antecipa
sábio
sabe o que plantar
e sabe o que vai colher
e colhe

PERGUNTAS SEM RESPOSTAS

juntos
há tanto tempo
e tantas
perguntas
sem respostas
coisas
que eu nem quero
mais saber
coisas que esqueci
juntos
eu sempre me lembro
de quando
nos conhecemos
eu não sabia nada
e você
me cercou
de amor
e eu nem perguntei
quem era você
de que planeta vinha
tantas perguntas
sem respostas
e eu
hoje
nem me importo mais
se veio de Marte
de Júpiter
ou de Plutão
agora não tem jeito
fui envolvido
pelo seu amor

LÁ VEM O SOL DE NOVO

lá vem o sol
de novo
para aquecer
para queimar
a pele branca
dos dias de chuva
lá vem o sol
de novo
para secar
o estrago
que a chuva deixou
vem meio
que sem jeito
tímido
entre as nuvens
de um céu cinza
lá vem o sol
de novo
horrorizado
pelo caos deixado
triste
não sabe
se ri
por estar de volta
ou se chora
por ter ido embora
e deixado
o mau tempo
lá vem o sol de novo
para que tudo
volte a ser como era
espero que volte
e que o sol
entenda
não foi culpa sua...

Em solidariedade as vítimas de Santa Catarina.
Senhor, tende piedade de nós

26 de nov de 2008

QUEM É O INIMIGO


quem é o inimigo
o que como
o que penso
minhas atitudes
e palavras
impensadas
quem é o inimigo
os passos
que dou
sem conhecer
o caminho
ou conhecendo
insisto
quem é o inimigo
quem viola meu corpo
quem diz que ama
quem diz não ter fé
quem é o inimigo
quem te conhece
e mesmo assim
te compra
quem é o inimigo
eu
tu
ele
nós vós
todos nós
inimigos de nós
inimigos de tudo

MEDO DA MORTE


não temo a morte
não posso temer
algo que não conheço
o medo
que tenho
é como morrer
quero morte calma
morrer dormindo
seria sonho
não tenho
medo da morte
e a morte não me assusta
faz parte
para que então temer
ficar pensando
não tenho medo
da morte
queria apenas
não morrer de qualquer
jeito
queria viver tudo antes
de ver meus dias
se apagando
não tenho medo da morte
apenas não quero morrer
agora

É PRECISO AMAR


é preciso amar
não há nada melhor
nada que faça mais bem
nada que modifique
que incentive
que impulsione
é preciso amar
sem medo algum
mesmo que não valha
a pena
amar sempre vale a pena
uns amam demais
outros nem tanto
por medo
é preciso amar
distribuir amor
e os bons fluídos
que os cercam
é preciso amar
as diferenças
entendê-las
é preciso amar
quem não nos ama
e sorrir
mesmo quando
a mão fechada
nos atinge
sem pensar
que isso é impossível
é preciso amar
sempre
e esperar que haja amanhã
e que as sementes
plantadas
hoje não morram

NEM SEMPRE ME VÊ

Deus
conhece
cada um
sabe o que cada
um precisa
Deus
nem sempre me vê
às vezes
está cuidando
de alguém
que esteja mais
necessitado
do que eu
Deus
sabe bem
dos nossos limites
Ele conhece
nossos pecados
às vezes
ele não me ouve
talvez minha oração
não tenha tanta fé
ou talvez
esteja pedindo
algo que não seja tão importante
somos egoístas
e Deus sabe
bem
quem somos
e o que merecemos
até mesmo
o sofrimento
Deus
nos conhece bem
e o que quer de nós
é que o conheçamos
também
sem duvidar

FAZ PARTE DO MEU SHOW


faz parte
do meu show
me vestir
de poeta
e sair por aí
versejando
e vendo o mundo
em prosa
faz parte
do meu show
declamar
meu verso
em praça pública
e expor
meus sentimentos
faz parte
do meu show
chorar
quando o mundo
sorri
e sorrir
quando o mundo chora
faz parte
do meu show
acender um cigarro
e beber num trago
as gotas
das lágrimas
que eu mesmo derramei
faz parte
do meu show
ser palhaço
ser poeta
e viver neste circo
chamado mundo

LOUCO POR VOCÊ

por que negar
sou louco por você
e sempre
imagino
meu braços
em volta do seu corpo
e sempre
imagino
o gosto do seu beijo
por que negar
sou louco por você
sempre fui
mas não ousava dizer
tinha medo
de ver seus olhos
partindo
de olhar
e me sentir sem chão
sou por você
capaz de tudo
sou capaz de brigar
com o mundo
de mover moinhos
de ir à lua
caçar estrelas pra você
como vou negar
não posso mais
o amor
sufoca minha alma
e cria em mim
essa necessidade de dizer
sou louco por você

INDO EMBORA

um ano mais
ano que vem
um calendário novo
sobre a mesa
os dias
serão iguais
um ano mais
indo embora
na minha contabilidade
mais vitórias
que fracassos
algumas perdas
sentidas até hoje
até hoje
e amanhã
e depois
mais um ano
indo embora
e eu ainda me lembro
o que eu fiz
no ano que passou
mais um ano
novas folhinhas
na parede
ou nos ímãs das geladeiras
mais um ano
que durou apenas um ano
e nada mais
lembranças
eu terei
o melhor de tudo
é que continuo vivo
pronto
pra começar tudo de novo
ano velho
indo embora
vai com Deus

INTROVERTIDO

introvertido
meu coração
está assim
morrendo
devagar
não sou o mesmo
há muito tempo
introvertido
sem sentir
sem querer sentir
há muito tempo
deixei
de amar
como amava
deixei
de gostar
como gostava
deixei
de querer viver
não sou mais
o mesmo
menino que era
quando brincava
nas ruas
do Ipiranga
introvertido
quase sem pulsar
meu coração
venho morrendo
um pouco
a cada dia
sem nada
sem querer nada
introvertido

FRUTO PROIBIDO

és
fruto proibido
és
a essência
e o prazer
que se imagina
és
a beleza
de um dia de sol
és o amanhecer
e o entardecer
a noite estrelada
és
o sonho
e a inspiração
és o fruto proibido
de todos
o que se quer
e o que não se pode ter
basta apenas
sonhar
querer
és a poesia
és a calmaria
para um coração
desesperado
és o desejo
o fruto proibido
o sabor
e o prazer

NÃO FALA NADA


não fala nada
vou abrir
e vou partir
sem demora
tudo já foi dito
quantas e tantas
vezes
não fala nada
vou levar tudo
meus discos
e minhas memórias
vou levar
meus sapatos
e minhas blusas
não fala nada
vou sair
por onde entrei
talvez eu me arrependa
e queira voltar
ficam os dedos
as mãos
e quem sabe
as lembranças
não fala nada
olhe ao redor
as folhas estão espalhadas
pelo chão
não fala nada
deixe que o tempo
fale por nós

25 de nov de 2008

NÃO SEI PORQUE

não sei porque
insisto
você
é caso perdido
não sei porque
tento ser
seu amigo
eu não entendo
você
e você
não me entende
essa conversa
de amor
é pretexto
não sei porque
ainda busco você
quando
me desespero
não sei porque insisto
não temos jeito
agora cansei
não vou mais atrás
vou deixar você
não vou mais procurar
nem chamar seu nome
não temos mais nada
em comum
nem amizade
andamos
o tempo todo na contra mão
agora encontrei meu caminho
e por opção minha
vou seguir sozinho
não sei porque
ainda insisto

FINGIR


não vou mais fingir
é melhor dizer
não vou mais fingir
que acredito
fingir
que não sei de nada
não vou mais fingir
meu descaso
é melhor dizer
falar
calar está me matando
está me fazendo mal
vou parar de fingir
que sou
quem não sou
não vou mais fingir
que não sinto
eu sinto
e tenho vontade
de correr
de gritar
não vou mais fingir
nem calar
vou correr
vou gritar

CANTEIRO DE FLORES

plantei
pelos nossos
caminhos
apenas flores
em nossa casa
perto de nós
nosso
canteiro de flores
não havia
entre nós espinhos
apenas
girassóis
margaridas
algumas raras orquídeas
todos os
dias
juntos
olhávamos
nosso canteiro de flores
as mesmas flores
plantadas
por nós
as mesmas que semeamos
ao longo do nosso caminho
olhávamos
nosso canteiro de flores
todos os dias
e lembrávamos
sempre do nosso amor

MELHOR PARA NÓS DOIS

é melhor
para nós dois
matar
o que existe
desitir
de tudo
é melhor
para nós dois
calar o tempo
deixar
que o fogo apague
é melhor
para nós dois
deixar
o café gelado
nas canecas
é melhor
para nós dois
ficarmos calados
cada um olhando
para um lado
não falar nada
deixar
que a chama se apague
é melhor
para nós dóis
matar
e deixar morrer
todo esse amor
se é amor
tudo isso

EU DISSE SIM

eu disse sim
para todos
os meus medos
minhas angústias
meus receios
eu disse sim
e enfrentei
dei minha cara
para o mundo
estava nu
livre de mim
livre de todos
eu disse sim
para quem me dizia não
eu disse sim
para tudo
o que eu negava
saí da jaula
deixei de ser presa
para ir à caça
deixei de acreditar
em todas as palavras
eu disse sim
e fui à luta
fui à guerra
saí da gaiola
bati as asas
e fui em busca
de um novo ninho
eu disse sim
para a liberdade
e fui
seguindo o rastro do vento

O QUE ELA VIU EM MIM

o que ela viu
em mim
eu não sei nada
sou feio
mal sei falar
o que ela viu
em mim
uso óculos
meus cabelos
são cacheados
minha fala
mansa
não sei gritar
não falo palavrão
não bebo
nem fumo
não tenho amigos
sempre
estou sozinho
parado
olhando para o espaço
o que ela viu em mim
até hoje eu não sei
quem sabe
ela prevê o futuro
e vê em mim
o que ninguém mais viu
nem mesmo eu

CÉTICO

não acredito
mais no amor
nem tenho mais fé
não acredito mais
na capacidade
de me regenerar
já não há
mais coração
em meu peito
nem sangue em minhas veias
apenas água gelada
não acredito
no sorriso
nem no abraço
perdi a fé
não creio em mais nada
nem no amor
nem nos dias que virão
nem no passado
que ficou
não acredito mais
em nada
nas minhas veias
nada de sangue
apenas água gelada

AUSÊNCIA DE DEFEITOS

ausência de defeitos
como então
não gostar de você
como então
não querer passar
meus dias
do seu lado
ausência de defeitos
e eu busco
seus passos
cada vez mais
não quero
e nem posso perder
você
tudo em você
me agrada
tudo em você
é belo
é lindo
não há defeitos
se há não vejo
gosto de tudo o que vejo
em você
nada que me desagrade
nenhum gesto
o que há em você
é a ausência
de defeitos

FOI INCRÍVEL

foi incrível
conhecer
sua noite
conhecer
seu horizonte
saber um pouco
mais de você
foi incrível
saber como é
acordar do seu lado
ver o dia nascer
me mexer
na cama
e sentir
você ali do lado
foi incrível
as horas
com você
não passam
foi incrível
ver seu sorriso
nascendo com o sol
foi incrível
conhecer suas intimidades
ver suas roupas jogadas
e depois de tudo
ouvir você pedindo
para eu voltar

...

não vou mais rotular
nem me preocupar
com coisas
pequenas
há coisas
muito maiores
não vou mais
entitular
dar nome
aos sentimentos
às expressões
não quero mais
me limitar
ao espaço
pequeno das palavras
quero ir
adiante
sem me preocupar
com o que dizer
com o que falar
quero ver sol
quando chove
sentir o amor
onde há escuridão
não vou mais rotular
entitular
vou adiante
vou além

24 de nov de 2008

OLHE PARA MIM

olhe para mim
me diz o que vê
diz que não sente nada
que não sou nada
que não significo nada
olhe para mim
diz a verdade
diz que o amor morreu
que não sente nada
olhe nos meus olhos
diz que sua boca
não tem mais o gosto
da minha boca
olhe para mim
diz a verdade
diz que não me quer
que já não sente mais nada
olhe para mim
olhe nos meus olhos
e minta
para que eu possa virar
as costas e partir
sem culpa
eu tentei
fiz de tudo
não deu
olhe para mim
antes que tudo morra
antes que não sobre nada
diz adeus
diz que não sente mais nada
que o amor morreu
e vou embora

NASCI PARA SER FELIZ

nasci para ser feliz
nada mudará
esse meu destino
posso me perder
pelo caminho
o caminho é meu
nada muda
nasci para ser feliz
para distribuir
felicidade
para amenizar a dor
e deixar
a vida
mais tranquila
nasci para ser feliz
é o meu destino
nada pode mudar
tudo já está escrito
mesmo
que os caminhos
desviem
mesmo que eu pegue
atalhos
mesmo que os ventos
atrapalhem
nasci para ser feliz
para dar um pouco
dessa felicidade
que não é só minha
se fosse
não seria eu
seria apenas minha metade

EM MEU QUARTO

em meu quarto
só há espaço
para meus problemas
e minhas aflições
em meu quarto
me escondo
escondo
tudo o que gosto
tudo o que me faz bem
em meu quarto
posso escrever
posso sonhar
posso cantar sozinha
posso falar em voz alta
cantar dançar
deitar no chão
de ponta cabeça
posso me fantasiar
brincar
de ser eu mesma
posso beijar o espelho
falar tudo o que penso
no meu quarto
só há espaço
para mim
e meus problemas

DE NOITE EU REZO

de noite
eu rezo
peço
reflito
de noite
relembro
gestos
e minhas ações
o que me falaram
e o que falei
o que fiz
e o que me fizeram
de noite
antes que as luzes
se apaguem
antes que a noite
venha
tomar conta de mim
eu me refaço
rezo
peço perdão pelos erros
e perdoo quem me magoou
de noite
quando deito
meu corpo cansado
e me cubro
com os lençóis da inconsciência
busco nos meus sonhos
meu conforto
para que meu amanhã
seja diferente
de noite
eu rezo

MINHA FRAQUEZA


seus olhos
eu evito olhar
suas palavras
prefiro
não escutar
me finjo
de cego
de surdo
muitas vezes
sou mudo
minha fraqueza
e ver você
e não poder falar nada
e sentir
e ter que deixar
morrer
algo que não morre
minha fraqueza
e ter que lutar
remar contra a maré
contra o destino
que me impulsiona
e sempre
trás de você
de volta
seus olhos
não quero olhar
sua boca
quem sabe um dia
antes de morrer
eu possa beijar
e confessar
tudo o que sinto
minha fraqueza
é você

EU PRECISO DE VOCÊ


eu preciso de você
na minha escuridão
no meu medo
eu preciso de você
do amor que sente
do amor
que me dá forças
que me sustenta
eu preciso de você
da sua alegria
da sua coragem
de enfrentar
eu preciso do seu sorriso
das palavras
do abraço
da presença
eu preciso de você
na minha escuridão
me mostrando a luz
me entrego
confesso
perdida
eu preciso de você
de cada parte sua
de cada momento seu
cada momento nosso
confesso
de joelhos
implorando
preciso de você

PEGUE MINHA MÃO

pegue minha mão
me guie
sem você
me perco
sem você
eu paro
pegue minha mão
me leve
vou com você
para onde você for
vou de olho fechados
pegue minha mão
vem comigo
deixa eu levar você
mostrar meu mundo
meus sonhos
deixa eu falar
dos meus medos
das fantasias que me cercam
vem comigo
vem de coração aberto
vem sem medo
pegue minha mão
vamos andar juntos
dividindo
e somando
já não sei mais andar
sem você
segurando minha mãos

FUGINDO


vivo
fugindo de mim
vivo
fugindo de tudo
fugindo
do meu passado
e de tudo
o que fiz
vivo
me escondendo
entre as sombras
da memória
querendo
que tudo morra
e não morre
querendo
que tudo apodreça
e vire cinzas
comida
para os vermes
vivo fugindo
das minhas incoerências
e dos amores
que inventei
já não posso mais
olhar para trás
meu passado está condenado
e meu presente
não sei
vivo fugindo

TUDO SERIA BOM


tudo seria bom
se tudo fosse azul
se tudo fosse cor de rosa
tudo seria bom
se tudo não passasse
rápido demais
tudo seria bom
se ficasse
pelo menos uma hora
no consciente
sem se apagar
tudo seria bom
se tudo fosse verdade
se não acabasse antes
de nascer
tudo seria bom
se não se perdesse
se não ficasse
a deriva
se as palavras
falassem mais
se tudo fosse azul
branco
cor de rosa
se houvesse paz
amor
apenas amor
tudo seria bom
tudo seria melhor

FAÇA COMO QUISER

faça como quiser
a vida é sua
escreva
as besteiras
que puder
nas páginas em branco
da sua história
faça como quiser
jogue fore
seus dias
rasgue suas cartas
seus bilhetes
apague suas memórias
faça como quiser
talvez não haja mais tempo
talvez não haja mais espaço
escreva alguma coisa
ou não escreva nada
o tempo
é seu
a vida é sua
faça como quiser
a história é sua
escreva-a
como bem entender

21 de nov de 2008

NÃO TENHO MEDO DE NADA

não tenho medo
de nada
não tenho medo
de amar
nem de me entregar
não tenho medo
das nuvens
nem das tempestades
não tenho medo
das caras feias
nem das palavras
jogadas
não tenho medo
de nada
já sofri demais
já me machucaram demais
arranharam minha pele
não sinto mais nada
meu corpo
todo está dopado
minha consciência
adormecida
não tenho medo de nada
nem a morte
me assusta mais
viver
às vezes

NAS PEQUENAS COISAS

nas pequenas coisas
que me encontro
nos primeiros raios de sol
nas primeiras
cinzas do ontem
nas pequenas coisas
é que me refaço
é que me inspiro
nas pequenas coisas
é que me encontro
nas noites frias
e nos dias nublados
nos jardins
sentado na grama
nas pequenas coisas
é que se entende
e se percebe
os vários e únicos
sentidos da vida
nas pequenas coisas
é que se reconhece
o amor
na mais pura essência
nas pequenas coisas
que se descobre
a perfeição
e onde se encontram
os grandes gestos

POR MAIS QUE TENTASSE


por mais que tentasse
não amar
acabava amando
por mais
que tentasse
esquecer
acabava lembrando
por mais
que tentasse
permanecer
imóvel
meus sentidos
moviam meu corpo
por mais
que eu tentasse
fugir
mais acabava
enlaçada
nos meus instantes
por mais que tentasse
não olhar pra você
seus olhos
sempre encontravam
os meus
mesmo que eu tentasse
escapar
corria sempre pra você