16 de fev de 2008

ARDENTES


que nossos corpos
sejam brasas
que nossas bocas
sejam água
nossa respiração
vento
que sejamos
ardentes
amantes
feitos vulcão
em constante
erupção
que nada apague
todo esse desejo
e que nossas labaredas
queimem
e incendeiem
outros corpos
e que seus desejos
sejam como os nossos
ardentes
e totalmente inconseqüentes