29 de fev de 2008

SENSAÇÕES

mantenha
as sensações
vivas
dentro de você
mantenha
acesa
todas as
sensações
do seu bem querer
não as perca
em qualquer lugar
deixe-as dentro
sensações
que fazem bem
não podem se perder
mantenha
todas
lembre-as
quando puder
quando a solidão
lhe incomodar
busque nas sensações
a paz
sua paz

TENTAÇÃO


que a tentação
de ter
seja perdoada
que a tentação
não me fuja
e que eu seja
perdoado
que a tentação
não finque
em mim suas garras
que a tentação
acabe de madrugada
que seja apenas
sonho
e mais nada
que a tentação
de ter
não seja pecado
se for
meu Deus
que eu seja perdoado

JEITO DE SEDUZIR


não nego
me encanto
com seu
jeito de seduzir
não nego
que fascina
sua doçura
de mulher
como resistir
a tudo
a suas certezas
e convicções
aos seus chamados
não nego
que resisto
mas que quero
seu jeito de seduzir
seu encanto
não resisto
como posso
não posso

PAIXÃO ARDENTE


paixão
é incandecente
queima
sem deixar
marcas
a paixão ardente
é brasa
é mais querer
é querer demais
e sempre
e toda hora
todo momento
paixão tem que ser
ardente
tem que queimar por dentro
arder por fora
como febre
paixão tem que ser
fogo
chama eterna
que faz buscar
que faz queimar
que faz querer
beijo quente
corpo louco
explodindo de desejo
paixão ardente
que seja
para sempre

DESDE ONTEM


desde ontem
fico remoendo
meus pensamentos
viro para lá
e para cá
durmo mal
como mal
agitado
remoendo pensamentos
buscando certezas
ansioso
agitado
desde ontem
não me conheço mais
não me percebo mais
apenas penso
e me consumo em pensamentos
querendo saber
o que não sei
buscando certezas
que não tenho
desde ontem
busco minha paz
não sei onde deixei
me acabo pensando
buscando
querendo

LONGE DOS OLHOS


não adianta
pensar
que longe dos olhos
não vejo
erro seu pensar
que meu coração
não sente
tudo na ausência
longe dos olhos
eu sinto
seus pensamentos
e no vento
seu perfume
não adianta
tentar se esconder
me deixar na ausência
longe dos olhos
não vejo
mais sinto
o seu coração
pulsar no meu
longes do olhos
não vejo
mas basta você chegar
me olhar nos olhos
para eu saber
do amor que sente
das verdades que diz
não adianta mentir

SE É POR FALTA DE ADEUS


não vou chorar na sua partida
não vou ficar implorando
para que fique
se é por falta de adeus
tchau
seja feliz
não vou insistir
cada um sabe de si
se sua felicidade
não está aqui
vá atrás dela
onde acha que estiver
se não achar
volte
não vou chorar
sua partida
nem derramar lágrimas
sofridas
se é por falta de adeus
até logo
fico aqui esperando
você voltar
senão voltar
ai sim
adeus

28 de fev de 2008

MELHOR QUE ANTES


vou vivendo
errando
aprendendo
sempre
melhor que antes
envelhecendo
dignamente
vendo as tardes
cairem devagar
sem mais pretextos
não os uso mais
não preciso
contar velhas histórias
vou indo
para meu destino
melhor que antes
experiente
consciente
vou vivendo
sem atropelos
sem pressa
melhor que antes
vivo demais
atento demais
a tudo
a todos

HOJE POSSO CHORAR


hoje posso chorar
não preciso mais
ter vergonha
das lágrimas negras
que escorrem
pelo meu rosto
hoje posso chorar
sem me preocupar
com nada
nem com os olhos curiosos
que me olham
e me devoram
e me interpretam
hoje não tenho mais medo
hoje posso chorar
à vontade
as lágrimas negras
dos meus olhos borrados
não me preocupo
mais em esconder o que sinto
não me preocupo mais
hoje posso chorar
a verdade
com vontade

ESTILO


não me preocupo
em agradar
não me preocupo
com moda
com etiqueta
me preocupo
em estar limpo
cheiroso
esse é meu estilo
como definir viver
meu estilo
que me faz bem
não sou de moda
gosto de jeans
e camiseta
de preferência branca
não tenho motivo
para querer ser diferente
sou apenas eu
sem etiqueta
sem ser moda
com meu estilo
sem estilo

EU ACABO VOLTANDO


posso ir
para qualquer lugar
eu acabo voltando
posso ir
perder o rumo
cair no mundo
eu acabo voltando
mesmo que demore
mesmo que o amor piore
eu acabo voltando
feito cavalo domado
que dispara para longe
mas sente no faro
o cheiro de casa
posso ir
para onde for
rodar o mundo
eu acabo voltando
para o meu mundo
para o meu lugar
ferido
às vezes
cansado sempre
eu acabo voltando

DOCE MALDADE


tem maldade
que é camuflada
de sorriso
tem maldade
que é doce
e cercada
de boas intenções
doce maldade
que se vive
sem saber
que sente
sem entender
a verdade
da doce maldade
que engana
que cerca
que esconde o que se quer
tem maldade
doce como verdade
boa como toda qualidade
doce maldade
que ilude
que engana
cheia de boas intenções
cheia de maldade

DESEJOS DE MULHER

o que
a mulher
esconde
em seus pensamentos
quem há de saber
os desejos da mulher
guardados
em seus olhos
quem há de desvendá-los
o que há no coração
de uma mulher
qual corajoso
para invadí-lo
ame uma mulher
e viva
o maior de todos os mistérios
ame uma mulher
e entenda
a mais perfeita
e complexa criação
ame uma mulher
e entenda
seus desejos
seus pensamentos
e seu coração

DELICIAS DA VIDA


amar
somente amar
querer estar
ficar
sentir-se bem
beijar
amar
na rua
amar em qualquer lugar
querer bem
buscar
delícias da vida
delícias que fazem
tudo valer a pena
amar
querer
beijar
buscar
encontrar
e muito mais
que a vida oferece
e sempre o algo mais
que deixamos passar
delícias da vida
amar
querer
apaixonar-se
demais


CAMA DESFEITA

o que restou
foi a cama desfeita
o que restou
depois de ontem
foram as horas passadas
os momentos vividos
a sensação no corpo
que não passa
o que restou além
da cama vazia
das horas passadas
dos momentos vividos
e da sensação no corpo
foi a vontade
de repetir
tudo de novo

AMAZONIA

onde estão
nossos índios
nossos animais
para onde foi
a fauna
a flora
mudaram
da Amazônia
abandonaram
suas casas
largaram tudo
com medo
de morrer
onde estão
os índios
foram para
os Estados Unidos
e os animais
onde estão
foram para os cativeiros
para sobreviver
e Amazônia
ficou a Deus dará
torcendo para não
ser esquecida
ser acabada
ser destruída

BREVE REGRESSO

volto
só para lhe ver
volto
só para matar
a saudade
que deixei
em seu peito
matar a saudade
que ficou no meu
peito também
um breve regresso
para olhar
lhe olhar
lhe tocar para lhe sentir
um breve regresso
para que nossos olhos
se encontrem
para que nossas bocas
se beijem
e nossos corpos
se amem
volto
para saber como
está
para sentir
aquele frio na barriga
que sinto ao lhe ver
só por você
só com você
um breve regresso

FEMINISTA


não dá para
ser diferente
machista
olhando a graça
a beleza
leveza
e sutileza da mulher
não dá
para não se render
para não querer
não dá para não se ajoelhar
ser machista
nem pensar
prefiro ficar do lado de lá
admirando a beleza
a graça
o charme
o encanto
ser machista
quem consegue
ir na frente
dominar
prefiro ir atrás da mulher
e ser dominado por ela
não pode ser diferente
nem deve

FEITO EU


quero que fique
feito eu
completamente
apaixonado
feito eu
plenamente
entregue
completamente
seu
quero que se sinta
que fique
feito eu
em estado de graça
achando tudo lindo
tudo maravilhoso
quero que fique
feito eu
pisando em nuvens
olhando o sol
mesmo num dia de chuva
quero você assim
feito eu
entregue
apaixonado

AMOR NÃO É PARA AMADOR


amor
não é para amador
não é para qualquer um
amor
não pode ser
simplesmente amado
deve ser sentido
tocado
querido
amor não pode ser
peça de um ato só
deve ser de uma vida toda
ou valer para a vida toda
que ama
deve ser artista
deve ter o dom
de se entregar por inteiro
amor
não é para qualquer um
amor
não é para amador
é para gente grande
gente que entende
que decifra
sentimentos e pensamentos
gestos e olhares
amar não é para qualquer um
é para todos

IMPULSOS


não sigo mais
impulsos
só pensamentos
somente sentimentos
não escuto
a voz que impulsiona
escuto a voz
que me controla
que deixa meus pés
no chão
não sigo mais
apenas os instintos
os impulsos
não posso mais
agir dessa maneira
inconsequente
impulsos
cegam
impulsos
fazem correr riscos
não os escuto
não os sigo
apenas meus sentimentos
meus pensamentos

TEMPERAMENTAL

temperamental
brasa escondida
não gosto de inverdades
ou se preferir
de mentiras
sou brisa
que vira tufão
sou de paz
mas não temo a guerra
meu humor oscila
dependendo do sol
dependendo do dia
dependendo das verdades
dependendo das mentiras
temperamental
como pimenta ardida
sou aparente calma
posso ser anjo
ou demônio
posso amar
e desprezar
sou assim
temperamental
fera mansa






27 de fev de 2008

DOIDO VARRIDO


enlouqueço
quando lhe procuro
e não lhe acho
ligo
e não lhe encontro
escrevo
e você lê
depois
aparece sem desculpa
sorrindo
me sinto
doido varrido
e não recuso
seu abraço
seu beijo
se busco
e não lhe acho
enlouqueço
me faz de tonto
abusa de mim
me deixa sem saber
o que fazer
doido varrido
enlouqueço

HISTÉRICA


quero tua paz
não tuas histerias
e teu ciúmes
quero teus carinhos
e não tuas mãos cerradas
esmurrando
o que diz ser verdade
não te quero
dessa maneira
praguejando
quero tua sorte
por onde eu andar
quero tuas certezas
e confianças
não razão
para perder a cabeça
ficar histérica
gritando
quero tua paz
tuas certezas
não te quero assim
perdida
acredita
confia
não te quero
perdida
histérica

SOMBRA DA LUA

vou em busca
da sombra da lua
vou em busca
de tudo aquilo
que acredito
mesmo que duvidem
de mim
mesmo que me peçam
para ficar
vou em busca
da sombra da lua
onde fico
e onde quero descansar
mesmo que perca
sem nenhuma chance de voltar
de reconstruir
de recomeçar
vou em busca
de dias melhores
se eles não existirem
terei certeza
que dias melhores
nunca existirão

VELHO GAROTO


não sou mais
menino
não sou mais
aquele que sorria
de tudo
e que fazia sorrir
não sou mais
o garoto
o tempo passa
transforma
ensina
sufoca
fechei os olhos
e quando abri
estava velho
hoje
depois de tantos anos
me sinto
um velho garoto
rico em experiências
que ninguém quer ouvir
ninguém quer mais saber
de mim
velho garoto
sozinho
sentado no banco
pensando
na vida
que passou

SEM RAIZ


crie raiz
para onde for
crie raiz
não passe
fique
deixe seu pólen
em outras flores
crie raiz
finque-se
não seja
planta sem raiz
deixe vínculos
plante-se
crie raiz
não seja apenas
passageiro
pemaneça
por instantes
com a cabeça no lugar
não flutue por aí
finque-se
em algum lugar
por uns tempos
tenha morada
residência
finque-se
não seja planta sem raiz

O QUE É DESEJO


desejo
é algo que acontece
mesmo quando
você não quer
que aconteça
desejo
surge do nada
é faísca
que acende
o corpo
e faz queimar a pele
desejo
é explosão
não é amor
é fogo
queima mesmo apagado
desejo
é algo
que acontece
quando menos se espera
incontrolável
intenso
descomunal
se acontecer
com você
já foi

26 de fev de 2008

NÃO ESTAMOS SÓS


não estamos sós
algo nos acompanha
não se sabe o que
quem sabe a fé
quem sabe a desconfiança
de não saber
ou de saber
que não estamos sós
há desconforto
há o que não se sabe
certeza
não se tem
não se tem nada
não estamos sós
ninguém
existe fé
medo
amor
sentimentos
não estamos sós
há algo mais
que nos prende
que nos move
mais do que se pensa
menos do que se vê

VERSOS MUDOS

meus versos
falam por mim
eu me calo
quando falo
meus versos
são mudos
não falam
há em mim
o que meus versos
dizem
o que há em meus
versos
o que minha voz
não fala
versos mudos
quando a voz fala
meus versos
e minha voz
complementos
da minha solidão
extensão dos
meus pensamentos
meus versos
falam
minha voz
cala
versos mudos
não dizem nada

CORDA BAMBA


prefiro assim
andar
em corda bamba
não gosto
de sentir o chão firme
prefiro
levitar
a qualquer pensamento
prefiro assim
andar
nas nuvens
flutuar
em meus sonhos
e me deixar levar
na corda bamba
balançando
buscando meu equilíbrio
prefiro as incertezas
dos dias
prefiro não saber
o que vai ser de mim
gosto das cordas
sempre bambas
e manter o chão
bem longe de mim

AGORA


acenda a luz
agora
veja meu rosto
meu corpo
acenda a luz
do abajur
entenda
sou normal
penso
tenho pés
mãos
cabeça
me veja agora
olhe sem medo
para mim
não deixe que a luz
te cegue agora
me veja
me entenda
sou normal
igual
sou gente
acenda a luz
e me ame de luz acesa
agora
me olhe

É DIFÍCIL


é difícil
ser o que
se quer ser
é difícil
que os
outros me aceitem
como quero ser
e não como sou
é difícil dizer
quando faltam as palavras
é difícil aceitar
o que nos assusta
que podemos ser inferiores
e superiores
sem o medo de cair
é difícil
calar
quando a voz chega
sem pressa
e a respiração
não se controla
é difícil
ser o que se quer
difícil o possível
o impossível
é melhor

MAIS PERTO DO CÉU


com você
me sinto cada vez
mais perto do céu
com você
o céu
se aproxima cada vez
mais
de nós
com você
só existe o paraíso
só existe o bem querer
e eu quero
ficar cada vez
mais perto do céu
das nuves
dos sonhos
de Deus
com você
tudo é solução
vendaval é brisa
é lágrima
fonte onde mato minha sede
com você
o céu cada vez mais perto
de nós

DECISÃO


quem disse
que eu queria
nascer
quem disse
que quero morrer
a decisão é minha
de tudo
o que faço
não pedi para nascer
não escolhi nascer
dessa maneira
nasci
agora a vida é minha
não vou morrer
morrer
é decisão minha
de como vou viver
e quando e como
quero morrer
a decisão
é minha sobre o que faço
até parece
que é assim
antes fosse

DESILUDIDO


tantos tropeços
tantas vezes quis
tentei de tudo
acabei
desiludido
massacrado
depois voltei
mancando
ruim do juízo
tantas vezes
desiludido
continuei
e insisti naquilo
que não valia a pena
tantos tropeços
roubaram meu sorriso
e minha vontade
desiludido
fracassado
sem saber por onde começar
como
nunca mais


A VERDADE É DIFERENTE


palavras
dizem
nem sempre a verdade
a verdade é diferente
tem outro tom
outro modo de dizer
nem sempre a verdade
é clara
muitas vezes é mentira
o que a verdade quer dizer
não há verdade
plena
verdade pura
a verdade é diferente
é terna
suave
não é seca
nem violenta
soa gostoso
palavras
nem sempre dizem a verdade
a verdade é diferente
tem outro sabor
desce melhor
convence
não explica

PROFANO


perca-se
nos pecados de viver
perca-se
na vontade
de sonhar
largue-se
em momentos
em seus momentos
seja profano
seja único
perca-se
nos instintos
animais
perca-se
na razão
que lhe falta
seja irreverente
não tenha medo
perca-se no sabor
de viver
escreva uma frase
todo dia
invente
mude
permita-se
arrisque
seja profano
insano
seja você

RISCOS DO AMOR


quero
todos
sem pensar
em nenhum
todos
os riscos do amor
quero
entender
desvendar
se for possível
não quero me preocupar
com o jeito de amar
quero amar apenas
amar do jeito
que for capaz
sem regras
e correr os riscos do amor
sem me preocupar
sem olhar para os lados
com medo
quero todos
e que venham
de peito aberto como eu
os riscos do amor
os riscos de amar

SOU MEU DONO


sou meu dono
dono do meu destino
sei o que faço
por onde ando
sou meu dono
sei o que penso
sei o que quero
sou meu dono
dono do que quero
do que penso
sei de mim
cuido de mim
e do que é meu
meus amores
minhas paixões
sou meu dono
meu mestre
e minha razão
me engano
quando quero
só gosto
quando quero

TODOS OS SENTIDOS


todos os sentidos
em todos os sentidos
e sempre
em todas as direções
mais e mais
cada vez mais
e sempre
para ficar
e não mais sair
como perfume
impregnado na pele
perfume de rosa
e amor e desejos
todos os sentidos
e em todos os sentidos
e direções
para que não se esqueça
para que perpetue
tudo
no silêncio
e o perfume
se eternize
em todos os sentidos

VÍCIO FATAL


cada vez amo mais
cada vez me vicio mais
cada vez me mato mais
não vivo mais
sem esse amor
não vivo mais sem essa dor
que dói na ausência
cada vez amo mais
e esse amor fez tormenta
esse amor fez luar
na imensa escuridão
cada vez preciso mais
desse vício fatal
desse amor
que sem fico louco
que sem quase morro
cada vez mais
preciso de amor
meu vício fatal
cada vez mais
nas veias
na mente
na alma


DOCE DECADÊNCIA


não quero do amor
sua doce decadência
amor que me maltrata
amor que despedaça
não quero um amor
que engana
que esgana
sufoca
a doce decadência
que o amor não pode ser
não quero o amor pequeno
limitado
decadente
não pode ser assim
trancado amarrotado
deve ser limpo
passado
escovado
não quero amor
que engana
que esgana
que asfixia
quero amor carente
não a doce decadência
do amor

25 de fev de 2008

NÃO BRINQUE COMIGO



faça o que quiser
fale o que tiver que falar
não brinque comigo
não sou boneca
há sangue em minhas veias
sangue quente que borbulha
faça o que quiser
fale tudo
mas não brinque comigo
com o que sinto
não me faça seu pedestal
tenho sangue quente
borbulhando
não sangue de barata
não brinque comigo
com o que sinto
há muito mais
que não digo
apenas sinto
não sou palhaço
nem joão ninguém
sou gente
homem que sente
decente
não brique comigo
nem ponha de castigo
faça o que quiser
só não brinque comigo

O DESTINO DESFOLHOU

o vento soprou
todas as minhas
incertezas
e o destino desfolhou
meu telhado
derrubou meu alicerces
nada ficou de pé
o vento soprou
todos os pensamentos
que não penso mais
e o destino desfolhou
minha cabeça
me arrastou
para distante de tudo
nas ruas desertas
e me largou
sem nada
e o vento que soprou
arrastou meus perfumes
e o destino desfolhou
minha pele
levou minha voz
e deixou arranhada minha garganta
me deixou sem armas
caído
desfolhado

PENSANDO MELHOR


pensando melhor
melhor não pensar
melhor deixar
tudo como está
sem pensar
pensar demais
enlouquece
pensando melhor
melhor não insistir
deixar tudo
na bagunça
pensando melhor
para que pensar
pensar demais
cansa
deixa como está
e nem sei como está
não quero pensar
pensando melhor
pensar demais
cansa
melhor não pensar



SOU FELIZ MORRENDO ASSIM

que venha a morte
não tenho medo
não tenho medo
do que não sei
do que não conheço
vivi e vivo
medo do que
se morrer
que morra
sou feliz morrendo assim
cheio de vida
cheio de histórias
para contar aos anjos
cheios de poesias
e amores para contar
a Deus
não tenho medo de morrer
não posso ter medo
do que não conheço
amo viver
mas se morrer
sou feliz morrendo assim
cheio de amor
cheio de histórias para contar
para os anjos
para Deus

SUBMERSO


fico submerso
sem respirar
fico submerso
tentando entender
suportar
fico respirando
me falta ar
fico submerso
olhos vendados
fico submerso
num mundo escuro
querendo entender
o que é difícil
fico submerso
neste mundo
de superfícies
neste mundo que não é meu
fico submerso
calado
quieto
submerso
de inquietações
de murmúrios
fico tentando ouvir
não consigo
tentando ver
olhos vendados
submerso
encantado

TROCANDO FIGURINHAS


trocando figurinhas
nas praças
da minha vida
ganhando
e perdendo
e doando
e vendendo
experiências
entendo a vida
vivendo
trocando figurinhas
conhecendo gente
e cores
e perfumes
e beijos
trocando de bem querer
jogando com meu destino
brincando de ser feliz
trocando figurinha
com quem passa
na praça da minha vida

SEI O QUE VOCÊ PENSA


sei o que você pensa
sei como você se sente
o tempo me ensinou
a saber mais e mais
de você
sei o que você pensa
quando me olha
sei o que você pensa
quando pensa demais
quando chora demais
quando não sorri mais
a vida me mostrou
os sinais
que são seus
e de mais ninguém
hoje sei ler no vento
seus dias
e seus pensamentos
sei o que você pensa
sei como se sente
a vida me ensinou
a saber quem é você
e eu sei
aprendi
a entender
seus sinais

NU


o nu
fascina
encanta
a pele
as formas
a maciez
a textura
cheias
fartas
magras
falsas
o nu
ainda provoca
sensações
situações
o nu
ainda
alimenta
vende revista
instiga
o nu
ainda choca
ainda é obsceno
indecente
imoral
atentado
o nu
ainda é belo
ainda chama
faz querer