"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

24 de dez de 2007

NÃO DESISTO JAMAIS

não desisto jamais
sei o que gosto
o que quero
vou em frente
quebrando pedras
pulando muros
gritando para os ecos
brigando com minha voz
com meu silêncio
sei que torcem por mim
eu agradeço
vou caminhando
rastejando
com gripe
com dor de cabeça
com febre
sem voz
mas sigo em frente
não desisto jamais
estudo leio
contemplo
aprendo com pessoas
descubro novas vidas
novos amores
não desisto nunca
pois sei o que quero
e amo o que faço


obrigado a todos e para todos, partes de mim em 1000 pedaços

CORAÇÕES SE PRENDEM


corações se prendem
corações se completam
se entendem
corações pulsam juntos
bailam
dançam
corações são amigos
sentem
se acham e se prendem
perdem as chaves
se acorrentam
corações são almas
são reflexos
são espelhos
se completam
e se entendem
pulsam juntos
ritmados
compassados
unidos
são comparsas
cumplices
amigos
amantes
namorados
corações se prendem
se completam
se entendem

VOU PARAR E REFLETIR


chegou a hora
de parar
de refletir
pensar enfim
no meu amanhã
planejar minha
horas
voltar para a lida
para meu trabalho
chegou a hora
de desvansar
deixar minha mente
livre
deixar minha mente
relaxar
não quero pensar em
nada
nem quero escrever nada
até um novo ano nascer
vou parar para refletir
rabiscar planos
desenhar e arquitetar
meu futuro
quero descansar na minha
rede
ficar na sombra
e ver este ano acabar
e um novo ano nascer
vou parar para descansar
para refletir

23 de dez de 2007

CONTINUAÇÃO


amanhã
continuação
de hoje
continuação
de ontem
porque as pessoas
mudam
de humor
se tudo
é continuação
tudo deveria
ser sempre
como sempre
ontem
hoje
amanhã
continuação
das horas que são iguais
tudo segue
o amor
a paixão
de ontem
de hoje
de sempre
continuação de tudo
as pessoas mudam
de humor
deixam se consumir
por detalhes
por problemas
continuação
de tudo o que se fez
amanhã
hoje
ontem também

BRASILEIRO


brasileiro
é povo de fibra
povo contente
abre as portas
para o mundo
para toda gente
aqui tudo pode
tudo vale
brasileiro
é povo de festa
povo de carnaval
povo de futebol
gente que trabalha
que sua
gente que ri
povo solidário
confiante
povo carente
sangue quente
sangue bom
brasileiro
é povo feliz
é povo contente
abre a porta para o mundo
para toda a gente
gosta de festa
gosta de futebol

ROUPAS


não importa
a roupa
a etiqueta
basta que esteja
limpa
não importa a marca
a moda
se sinta à vontade
respire
se movimente
seja alegre
sinta-se bem
com a roupa que tem
nada é cafona
não há moda
há sim respeito
teu jeito
calça jeans
camiseta
branca
verde
vermelha
não importa a marca
a etiqueta
precisa estar limpa
qualquer roupa cabe
serve
se vista como gosta
pule
dance
se movimente
se conseguir
relaxa e vai em frente
não há moda
a não ser a sua

SEJA VOCÊ


minta para o mundo
não minta para você
faça o que fizer
seja você
a falar
a tomar as decisões
a se arrepender
aconteça o que acontecer
seja você
faça o quer quiser
ame quem puder
minta para o mundo
mas não minta para você
se olhe no espelho
seja você
de qualquer jeito
se ame
se goste
faça o que fizer
seja você
o primeiro
sempre
a dizer
a fazer
a amar
a se arrepender
minta para o mundo
mas não minta para você
e o mundo saberá
de verdade
quem é você

PONTO DE VISTA


pode ser real
ou pode ser mentira
depende do ponto de vista
pode ser vulgar
ser normal
pode ser exagero
depende de como vê
de como entende
de como vive
pode ser paixão
pode ser amor
depende
de como olha
de como vê
como vê
e o que sente
tudo é ponto de vista
amar demais
sofrer demais
quem é está dentro
não vê como quem está fora
tudo é ponto de vista
se a estrada
é longa ou infinita
depende de você
e do seu ponto de vista

FINGIDO


quero amor de verdade
não amor fingido
quero amigos de verdade
não amigos falsos
fingidos
quero tudo de verdade
nada falso
quero boca limpa
corpo limpo
quero beijo de verdade
e não amor fingido
amor frio limitado
amor doente
quero sonhos transformados
quero gente que acredita
palavras de verdade
sentimentos
nada falso
fingido
quero tudo de verdade
é melhor
doí menos
alegra mais
faz sorrir
faz bem
quero poder dizer
sentir
nada falso
fingido
quero amor de verdade
acredite
eu não minto

DE PERTO

de perto
é melhor
mais seguro
sem engano
nem absurdos
de perto
há detalhes
há perfume
energia
que se sente
que circula
de perto
o sangue ferve
circula
a boca enche
de água
há vertigens
de perto
não há erro
nem miragens
nem engano
de perto
é melhor
bem melhor
se sente
coração dispara
não mente

CARINHOSO


sou carinhoso
gosto de beijos
abraços
e dengos
gosto de mãos
de pés
puxar cadeira
abrir a porta
deixar passar
sou carinhoso
olhos nos olhos
solto um sorriso
tímido
as mãos ficam nervosas
as pernas bambas
gosto de carinho
de amor
de beijinhos
gosto de ficar no sofá
agarradinho
comer pipoca juntinho
gosto de olhar
de afagos
cafunés
sou carinhoso
tímido bem sei
mas não resisto
me entrego
faço carinho
dengo
chamego

ENGANOS


enganos
acontecem
todas as horas
na mesa do bar
na mesa de casa
na rua
na calçada
enganos
se cruzam
acontecem sem esperar
sem querer
por querer
enganos
são os acasos
do destino
são sinais
quase ocultos
enganos
acontecem
toda hora
o tempo todo
na rua
no ônibus
no metro
enganos podem salvar
podem fazer amar
podem fazer pensar
não são enganos
são sinais
que a vida dá

ALMAS GÊMEAS


quando menos se espera
ela surge
e você percebe
sente
sua aura
se ilumina
brilha
se enche
quando menos se espera
a alma gêmea
encontra
olha nos olhos
sem saber de nada sorri
você percebe
sua alma sente
seu corpo sente
alma gêmea
chega ilumina o ambiente
pode ser em qualquer lugar
sempre de repente
chega devagar
olha nos sorrisos
e sem dizer nada
apenas sorri
e te enche de paz
de graça
de amor
almas gêmeas
se encontram
algumas vezes se perdem
porque não se entende
o sorriso dado sem querer
almas gêmeas
se encontram
de repente
devagar
no olhar
no sorriso

ANJO DE GUARDA


quando tenho medo
peço para meu anjo de guarda
quando temo
quando me apavoro
quando sinto meu mundo desabar
quando me afasto de Deus
peço para meu anjo de guarda
a fé que eu preciso
rogo
para que minhas dores cessem
quando tenho medo
quando choro
e me entristeço com as mágoas
do mundo
peço para que me anjo de guarda
me proteja
eu sei que me protege
eu sinto
mesmo quando me afasto de Deus
peço fé
peço força
para que não esmoreça
meu anjo de guarda
minha paz
meu consolo
eu rogo
me proteja

OBRIGADO


obrigado
por me fazer
chorar
pedi um prato
de comida
não precisava
me xingar
bastava dizer não
eu sairia
não sou bicho
eu penso
eu sinto
mas obrigado tio
Deus te abençoe
obrigado
por me fazer chorar
eu queria
apenas um prato
de comida
me xingou
quase me chutou
mas obrigado tio
e me desculpe
por te incomodar
na hora do seu almoço
quero apenas
que entenda
sou gente
não sou bicho
eu penso
eu sinto

UM A UM


um a um
todos se foram
sumiram
desapareceram
um a um
me amou
depois me esqueceu
como gotas
uma a uma
cairam sobre mim
depois
foram para o ralo
para o esgoto
um a um
sem deixar saudades
sem deixar vestígios
um a um
vieram e sumiram
tentaram e não conseguiram
foram como as gotas
sobre mim
passaram
foram para o ralo
depois para o esgoto
um a um
não sobrou nenhum
todos se foram
partiram
sumiram

TODAS AS COISAS


todas as coisas
acabam um dia
assim como
as pessoas
também morrem
todas as coisas
evaporam
viram cinzas
somem
fica o vazio
das coisas que foram
todas as coisas
coisas que somem
com o tempo
fica o silêncio
das pessoas que
como todas as coisas
somem desaparecem
depois de um tempo
viram pó
cinzas
somes
depois somente o vazio
de todas as coisas
pessoas são assim
morrem
e deixam o vazio
o silêncio

LINDA


linda
são as manhãs
que amanheço contigo
linda
são as tardes
que passo contigo
linda
é você assim
sempre assim
serena
dor flor de laranjeira
linda
suave poesia
doce melodia
sempre
com encantos
e meiguice
linda
musa que me inspira
que me faz suspirar
linda
é minha vida
com você
me encanto
sonho meu
poesia

DIAS MELHORES VIRÃO


dias melhores virão
sempre
hoje ou amanhã
eles virão
para que tudo seja
melhor
tudo seja diferente
para que possamos
recomeçar
de onde paramos
dias melhores virão
trarão novos desejos
e os velhos ainda
sei que virão
novos dias
melhores
sei que virão
um dia
hoje ou amanhã
sem depressão
sem pressão
novas horas
novas cores
manhãs
e noites sem insônia
dias melhores virão
hoje
amanhã
eles virão

CONFIANÇA


a gente perde
de vez em quando
mas recupera
longo em seguida
a gente olha
confia
desconfia
tudo fica melhor
pior
a confiança
empurra
baixa guarda
libera
liberta
a gente perde
em segundos
e recupera
muito tempo
depois
faz parte da vida
confiar em alguém
confiar nos outros
confiar em si
se falta confiança
falta amor
falta vida

MANEIRAS


quantas maneiras
me impõem
quantas verdades
querem
e me empurram
boas maneiras
como me comportar
como devo rir
como devo viver
e como devo sonhar
quantas maneiras
me ensinam
sem que eu queria
ir a missa
não falar de boca cheia
não gritar
nem falar palavrão
tenho que lavar as mãos
antes de comer
escovar três vezes aos dias
meus dentes
não cuspir
quantas maneiras
me enfiam guela abaixo
eu queria apenas
viver e entender
o que é melhor pra mim

ÓBVIO


cresci
é óbvio
eu tinha
que crescer
crescer e ver
e entender
o que é viver
que viver não
é conto de fadas
que há mal
nos olhos
prefiro não ver
brincar que não sei
prefiro meus brinquedos
meus livros
minha palavras cruzadas
meus jogos
é óbvio
que não vou poder
viver sempre assim
vou ter que sair
enfrentar a vida
ser mais um na multidão
é óbvio
vai ser assim
não tem jeito
eu cresci
um dia vou dar adeus
aos brinquedos
é óbvio

DOCE CASTIGO

não reclamo
nem questiono
eu mereço
o doce dos teus beijos
este doce castigo
não questiono
teus modos
aceito
porque sempre
ganho teus beijos
doce castigo
pior é te ver chorar
sem entender
sem poder perguntar
não aceito
é teu silêncio
este sim
meu pior castigo
fico com o rosto para a parede
ajoelhado no milho
no feijão
não reclamo
não ligo
mas ficar sem teus beijos
não é castigo
é tortura

FIM DE CASO

é o fim
para que continuar
não cabem dois
em meu coração
e eu te avisei
que sou assim
não paro
sou inquieta
se prendem
quero voar
este o fim
nosso caso
já rendeu
já deu o que tinha
que dar
cansei
quero voar
conhecer gente nova
me apaixonar
viver tudo
e depois voar
chega
desse caso
que já deu o que tinha
que dar
é o fim
quero voar

RESPOSTA AO TEMPO


faço o que faço
o que amo
o que me ensina
o que me faz melhor
eis minha
resposta ao tempo
que fez de mim
o que sou
faço o que faço
e se faço
é por amor
somente por amor
e mais nada
não sei se este
caminho
me levará ao abismo
ou ao céu
apenas caminho
eis minha
resposta ao tempo
que ainda traz
no vento
saudades
que sinto
sou o que sou
e faço apenas o que amo
e o que me faz bem
amar
eis minha resposta ao tempo

VOCÊ NÃO SABE AMAR

você não sabe amar
nem eu sei
ninguém sabe
o amor não tem receita
é mágico
acontece
sem forçar
é mistérios
você não saber amar
nem eu sei
ninguém sabe
dizem os sábios
que amar é se entregar
é calar
renunciar sua vida
seu bem estar
é dividir
compartilhar
quem faz isso hoje em dia
que doa sem esperar
algo em troca
quem divide
quem compartilhar
hoje o amor
é triste
é medido
você não saber amar
nem eu sei
nem ninguém


CRUEL


te amar
é amor cruel
você é cruel
me fazendo rastejar
beijar teu pés
te amar
é me maltratar
amor cruel
folgado
espaçoso
que me faz rastejar
me humilhar
para que ame
para que não me maltrate
que não seja cruel
que me ame
um amor normal
amor de beijos e carinhos
não esse amor cruel
que me matrata
amor folgado
que me humilha
quero um amor tranquilo
amor de beijos
de carinhos
não esse amor cruel
que me faz
rastejar aos teus pés

ATRÁS DA PORTA


as chaves
continuam
atrás da porta
junto
seu casaco
e o guarda chuva
tem um bilhete
e uma fotografia
atrás da porta
junto com a chave
o casaco
e o guarda-chuva
tem também
meu desejo
para que volte
para que se arrependa
e volte
que entenda que os beijos
são iguais
que o amor é o mesmo
mas que o modo de amar
é diferente
as chaves continuam
atrás da porta
e sempre continuaram lá
junto com o casaco
e o guarda chuva

PRETO E BRANCO

juntos
mais separados
você do lado de lá
eu do lado de cá
juntos
de mãos dadas
você no branco
eu no preto
branco e preto
juntos
e separados
por descuido
desleixo
porque corremos
ao invés de andar
porque nos antecipamos
a tudo
e arriscamos
estar juntos e separados
você no claro
e eu no escuro
ou você no escuro
e eu por ai
juntos
e separados
colocando o
preto no branco
sem correr
apenas andando
juntos e não
mais separados

TEM AMOR


tem amor
amor demais
tem amor
nada mais
tem amor
que transborda
invade
ruas vielas avenidas
amor que dá paz
amor que alimenta
tem amor
amor demais
amor que alucina
entorpece
amor que não é amor
de esquina
é amor de sonhos
amor de vida
tem amor
para todos
por todos
amor de graça
amor sem igual
tem amor
amor demais

VIDA É


tua lua
tua vida
como sempre tua
não dividi
se cala
não fala nada
não comenta
tua lua
tua vida
teus pensamentos
como sempre
fechado
sem nenhuma palavra
nada
não divide nada
se cala
não reclama
apenas olha
balança a cabeça
não fala nada
tua lua
teu sol
teu mundo
mais ninguém
não diz nada
se cala
apenas olha
apenas olha

CIDADE FRIA


chove
venta
sobre o cidade
ruas vazias
ninguém corre
o risco de sentir
o frio
da cidade fria
cidade vazia
chove
venta
quando chove
sempre esfria
ruas vazias
molhadas calçadas
neon que pisca
luzes
a cidade fria
sem manta
sem agasalho
com frio
ninguém arrisca
correr pelas ruas
molhar os pés
nas poças
solitárias poças
cheias de solidão
e frio
cidade fria
sem sol
e noite sem lua
cidade fria
chove
venta
sempre que chove
esfria

DIGNIDADE


mais nada
apenas um pouco
de dignidade
um pedaço de pão
um pouco de água
mais nada
apenas
dignidade
para que possa
seguir minha estrada
e o destino que Deus
me deu
um pouco de sonho
para que minha cruz
se torne mais leve
e eu sinta menos
o peso
de carregar
o que carrego
um pouco de pão
para saciar a fome
e água para matar
a sede e banhar
o corpo
um pouco mais
de dignidade
para que eu siga
em frente
o caminho
minha estrada

O INFERNO É AQUI


basta andar pelas ruas
basta ligar a televisão
basta olhar
em todas as direções
para ter certeza
o inferno é aqui
e o demônio
é o próprio homem
que destroe
que mata
que degrada
basta olhar um pouco
mais além
para enxergar
que o inferno é aqui
basta andar pelas ruas
para ver quanta
miséria
quanta violência
tamanho desrespeito
o inferno é aqui
e o homem seu próprio
demônio
e a Terra um planeta
em extinção
basta olhar por ai

POR QUE A GENTE É ASSIM


por que a gente é assim
fala tudo o que não quer dizer
se maltrata
se ofende
por que a gente é assim
insiste em ficar juntos
em jurar o amor
se brigamos demais
não é amor
que aguente
nem corda que sustente
não há paz
nem amigos
nem carinhos
somente ofensas
porque nenhum de nós
aceita as diferenças
brigamos por tudo
nos agredimos
por que a gente é assim
por que na cama a gente
se entende
por que o sexo fala pela gente
por que nossas noites
são contos de fada
é por isso

SECO


acabou
secou
morreu
não cuidou
não regou
secou
morreu
o que era belo
está seco
feio
morto
assim como as rosas
e as flores do jardim
tudo sem vida
seco
morto
o ano terminando
nada de flores
somente vasos secos
somente terra seca
nem pétalas há
fim de ano
o que era real
ficou permaneceu
o que era mentira
secou
morreu

TÃO INCONVENIENTE

teu sorriso
gestos que não quero
para mim
palavras que não quero
escutar
tudo o que faz
tudo o que diz
tão inconveniente
tão fora de mim
fora da realidade
que vivo
teus sorriso amarelado
teus gestos
e tudo o que diz
tão inconveniente
tentando me convencer
de tudo aquilo que é bom
só para você
teu sorriso
gestos que não gosto
gestos que não quero
não quero nada
nem abraços
nem sorriso
tudo em você
tão inconveniente
tão triste
vazio

DÉBORA


a beleza que vejo em você
está além do que os olhos
podem ver
a beleza que sinto brotar
é que faz nascer
dias melhores
a beleza que há em você
são teus olhos puxados
são os cabelos negros
a boca
a beleza que há em você
transforma
chuva em sereno
tempestade em mansa brisa
sem que diga nada
sem palavras
apenas com a beleza
que existe em você

UM DIA NA VIDA


um dia na vida
para que a vida
se faça
de modo que nunca
se esqueça
esse dia na vida
uma flor
um pedaço de papel
aquarela e pincel
um dia na vida
sem horas
sem esse tempo
que corre
correndo de forma
desordenada
um dia na vida
de um ou de outro
cansado e vivo
vivendo o que a vida
oferece
colhendo os frutos
do que se planta
um dia na vida
mais um dia
sem saber da vida
o que queria

22 de dez de 2007

O MESMO


O sol é o mesmo
A lua é a mesma
O tempo é o mesmo
Eu sou o mesmo
Serei sempre
Meus olhos cegos
Minha mente insana
Como sempre
Os dias são os mesmos
O tempo
Sempre no mesmo tempo
No mesmo ritmo
Alucinado
Às vezes quase parado
O sol é o mesmo
Sem foi o mesmo
A lua dependente do sol
Como sempre
Eu sou o mesmo
Dependente de ar
Carente de tudo o que me
Falta
Sou o mesmo
Apenas diferente
Sou o mesmo
Em essência
De alma
E o tempo
O mesmo como sempre

MANICÔMIO


não vou a lugar nenhum
vou ficar aqui
entendendo tudo
o que ainda faz parte de mim
vou aqui
olhando para o meu nada
no hospício particular
não vou para lugar algum
a não ser para dentro de mim
ficar no meu manicômio
queito sentado
pensando na minha vida
e em tudo o que aconteceu
quero ficar aqui
olhando para o nada
olhando para o amanhã
tentando saber
o que Deus reservou para mim
não vou a lugar algum
vou ficar aqui
conversando com o tempo
escutando os murmúrios
do vento
vou ficar apreciando
o nascer do dia
eu no meu manicômio
encarcerado em mim
pensando
esperando o que Deus
reservou para mim

EMO


não entendi
bem essa moda emo
essa moda de usar
franja e all star
bolinha coloridas
como pulseira
pintar os olhos
deixá-los ainda
mais escuros
negros
não entendi sua filosofia
seu modo de vida
me disseram
que pregam o livre amor
amor sem dono
sem cor
se isso é ser emo
quem é que não é
emotivo
que não curte o amor
um belo amor
seja ele qual for
ser emo
é ser apenas
um pouco diferente
assim como tantos
diferentes
e taõ iguais

VIDA LOUCA


vida louca
é viver
viver assim
sem querer viver
vida louca
é sair por ai
invadindo
mundos
vida louca
é ser rato de esgoto
é andar pelo escuro
por boeiros
vida louca é se embreagar
sem motivo
se drogar sem motivo
jogar fora um amor
sem motivo
vida louca
é matar
por matar
roubar porque roubar
já é vício
vida louca
é achar
que todo mundo é igual
e só você
é diferente

BABY-DOLL


vi você nua
vestida
de biquini
de calcinha
vi de saia
de calça jeans
de suéter
de moleton
ontem
finalmente
vi você
de baby-doll
vou falar
o que
se morto
não fala
se morto
não pensa
ontem de vi
como queria ver
de baby doll
parece normal
mas não é
é ver a vida vestida
de nuvens
é ver o amor
exautado
vi você como sempre
quis ver
pena que era sonho
mais uma noite
sonhei com você

SÓ POR HOJE

só por hoje
diz que me ama
diz que amou
estar comigo
que eu fui
sim o seu melhor amigo
só por hoje
me faça feliz
mesmo que minta
não me importo
só por hoje
deite do meu lado
aqueça meu corpo
me abrace
mesmo que amanhã
você desapareça
não vou cobrar
sua presença
vou aceitar
se eu acordar
e a porta estiver aberta
só por hoje
fica comigo
ameniza o meu silêncio
não precisa nem de beijo
só de afagos
de carinhos
só por hoje
eu sei

LUZ DA CIDADE

a luz da cidade
ignora
os que são esquecidos
a luz da cidade
engole
os que são esquecidos
são muitos
parte do mundo
que a luz da cidade
esquece
ignora
são gente
que tem vida
a luz da cidade
revela
fatos
e fotos sem negativos
um mundo a parte
e a luz da cidade
não revela
esconde
esquece
ninguém vê
é melhor
a luz da cidade
mostra e cega
ignora
ninguém vê

PERTO DE MIM

eu tinha
você perto de mim
eu tinha
agora tenho apenas
teu vazio
eu tinha
histórias para contar
agora são somente
memórias
eu tinha
você perto de mim
grudado em mim
eu tinha
sua companhia
para onde eu ia
sempre tinha você
e agora
o que tenho é o vazio
do meu lado
é o meu corpo cansado
você perto de mim
sempre
feliz sorrindo contente
não percebi nada
quando tinha
você perto de mim
e agora que não tenho
entendo
finalmente que te perdi

SEI DE COR

sei de cor
teus momentos
tuas ruas
tuas praças
sei de cor
teu humor
tuas roupas
os pregos
que seguram
as tuas tábuas
da tua cruz
sei de cor
a fragância
do teus perfumes
sei de cor
a maciez da
tua pele e o gosto
do teu corpo
do teu beijo
sei de cor
por onde andas
o que pensas
como acordas
e como deitas
sei de cor
tudo de ti
e o que eu
preciso saber
eu sei de cor

PRECISO ADMITIR QUE PERDI VOCÊ

quando tudo passa
e os pensamentos
começam a falar comigo
preciso admitir que perdi você
quando as roupas
dependuradas no varal
são apenas minhas
ou trapos
preciso admitir que perdi você
devo entender
que meus pensamentos
não vageiam por ai
preciso entender
que eles me trazem
a realidade que não quero ver
a xícara está sozinha
na mesa
na mesa apenas minha cadeira
no varal os trampos
panos de chão
que secarão as lágrimas
que vão parar de cair
preciso admitir que perdi você
quando eu não sei

NO ESCURO

no escuro
há solidão
solidão que sinto
no escuro
não há no seu escuro
silêncio
há barulho
feixes de luz
que iluminam
seu escuro
no escuro
há momentos
de perguntas
de dúvidas
no escuro
te sinto
teus detalhes
que não vejo
há o silêncio
um pouco de medo
do que não vejo
do que sinto
no escuro
não vejo teu sorriso
imagino
e sinto
no escuro


AINDA É CEDO


fique um pouco mais
ainda é cedo
amanhã é sábado
vamos ficar acordados
temos tempo
não temos horário
fique mais um pouco
ainda é cedo
a madrugada
começou agora
vamos nos embreagar
fazer amor até cansar
depois tomamos
um banho
e ficamos juntos
vendo o dia
despir a madrugada
ainda é cedo
fique comigo
temos tempo
tempo tudo
vamos dançar
cantar nossos medos
em sussuros
para ninguém escutar
vamos fazer amor
até cansar e depois
do banho aplaudir
o raiar do dia
fica comigo
ainda é cedo

TRÊS NÃO SÃO DOIS

não adianta tentar
três não são dois
no meu mundo
apenas dois
não adianta toda insinuação
barata jogada largada
três jamais serão dois
não há matemática
não há química
nem adianta tentar
no meu mundo
apenas dois
coração ocupado
pensamento não está vazio
nem a mente
não adianta
somar o que não existe
três jamais serão dois
nem aqui
nem em lugar nenhum
entenda
não insista
não há química física
muito menos matemática

PORTO SEGURO

és minha pátria
meu porto seguro
és minha espada
minha paz
és a alegria
és a vida que vivo
a vida que tenho
és mulher querida
amada
és meu tudo
e eu seu nada
és bela flor
meu porto seguro
meu barco
és minha calmaria
meu refúgio
esconderijo
és mulher
e sem você
não vivo
és vida
e eu amo você
minha viagem
meu porto seguro