"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

20 de mai de 2017

PERDIDO

perdido
sempre fui
sempre estive

sempre
fui
um cavaleiro errante

andava
por ai
a esmo
e amava todo amor
que me era dado

estou
agora
aposentado
não amo mais nenhum amor
mas continuo apaixonado

CONTÍNUO

continuo
o mesmo
louco

só que
menos
inconsequente

menos
desvairado

cada dia
menos
intenso

aprendi
a repensar
e a represar meus instintos

aprendi
a domar
minha fúria
e meu desejo por amor

mas
ainda
continuo
louco por amores

CONDENADO

sigo
condenado
a viver teu amor

sigo
acorrentado
neste teu sentir
que sempre
me fez existir

sou mais
teu
do que meu

sigo
teus passos
para que não mais
me perca
em qualquer caminho
em qualquer
pecado

ERROS

erros

me traíram mais

já me
fizeram
escravo

erros
já marcaram
minha pele
 já rasgaram
meu coração

erros
já mataram
todo amor que eu sentia
tudo
de bom que em mim
havia

ÉS

tu
és dor

és
pecado

fujo de ti
e do desejo insano
que me causa

fujo
feito louco
alucinado
e tropeço em teu caminho

tu és amor
na forma mais
perversa
e ainda assim
te quero

DEVE EXISTIR

deve
existir
alguma palavra
que jamais
tenha sido proferida
que toque
teu coração

deve
existir
um amor
ainda não sentido
para que possa
tocar tua alma

e te fazer sentir
amada
como nunca foi

deve existir um outro alguém

TUDO TEU

de dou
todas as poesias

planto
flores
em teu caminho

peço ao
vento
para soprar
brisa mansa em tua
fronte

e fico
ali
entre teus encantos
e meus sonhos

entre meus desejos
e teu silêncio

DEIXE POR AI

deixe
rastros
por ai
para que eu te encontre

deixe
por ai
vestígios
para que eu
não mais te perca
para um destino qualquer

deixa
na minha boca
o gosto do teu beijo
para que assim
eu jamais te esqueça

SEMPRE ABERTA

minha janela
estará
sempre aberta

para que teu
vento
me abrace

para que
teu perfume
me acalme

para que
sua alma
me encontre

nas noites
dos mesmo sonhos

minha janela
estará
sempre aberta
para que eu possa escutar tua
voz

ERROS

sigo
colecionando
amores errados
paixões de papéis
decepções

tudo
isso fizeram
ser quem sou

às vezes
meio tolo
por insistir em beijos
vazios

às vezes
herói
sem história certa

às vezes
um vento
que morre antes
mesmo de
soprar